A tecnologia e a educação

A tecnologia e a educação
07 novembro 18:14 2016 Imprimir esta notícia

Psicopedagoga e especialista em educação infantil fala sobre o uso da tecnologia na educação

CURITIBA, 08/11/2016 – Estamos cada dia mais conectados. Tablets, computadores e smartphones fazem parte do dia a dia de adultos e crianças. Quando tratamos de vida escolar, torna-se necessária a integração das instituições de ensino e dos professores com esse meio. “A tecnologia quando usada de forma adequada é sim uma ferramenta de apoio ao docente em suas práticas pedagógicas”, comenta Ana Regina Caminha Braga, psicopedagoga e especialista em educação especial e em gestão escolar.

Segundo a profissional, é necessária a capacitação desses profissionais, para que eles possam conhecer essas ferramentas, e assim decidir a melhor maneira de utilização em sala com os alunos. Ana Regina lembra ainda, que tais ferramentas tecnológicas são apenas apoio, não devem ser colocadas em primeiro lugar. “Com o uso da tecnologia em sala o docente tem novas opções, novas ferramentas de apoio, que complementam sua jornada na transmissão do conhecimento, a tecnologia não deve se sobrepor a isso”, explica.

Aqui no Brasil, algumas escolas já aderiram a essas novas ferramentas, para ajudar no processo educacional. Um exemplo disso são as chamadas “lousas digitais”, que dão novas opções ao professor como realizar jogos educativos, projetos e exercícios especiais com os alunos. “As lousas digitais, assim como as demais tecnologias educacionais, podem ser utilizadas em sala de aula para motivar o processo de ensino nas escolas e dar ainda mais vida a prática docente e ao processo de aprendizagem das crianças”, comenta.

Para finalizar, Ana Regina lembra que alguns cuidados devem ser tomados pelas escolas e professores, evitando assim a possibilidade de lacunas no processo do conhecimento. “Aderir às novas tecnologias pode ser algo muito positivo, desde que elas sejam adaptadas a cada ambiente educativo”, completa.

 

  Categorias: