Ações do “Dia da Mulher” e do “Março Mulher” recebem homenagens e pedidos de igualdade em Itamaraju

Ações do “Dia da Mulher” e do “Março Mulher” recebem homenagens e pedidos de igualdade em Itamaraju
11 março 09:59 2016 Imprimir esta notícia

O Dia Internacional da Mulher é comemorado em 8 de março, mas o mês de março é todo dedicado à luta delas pela igualdade de condições trabalhistas entre os gêneros. Nesta última terça-feira (08), a data foi marcada por várias homenagens do governo municipal em Itamaraju. Para celebrar a data, a secretária Municipal de Finanças e Fazenda Pública Lucilene Curvelo promoveu um vasto cronograma de atividades entre todas as secretárias municipais, inclusive com um ciclo de palestras, debates, atendimento de saúde e ações culturais, de lazer e entretenimento durante este mês.

Para a secretária Lucilene Curvelo o evento é a oportunidade para discutir as questões de gênero mais amplamente, explicando às mulheres sobre as políticas públicas de proteção e apoio ao segmento e divulgando as ações das secretarias municipais. “Nosso objetivo é somar no fortalecimento das políticas desenvolvidas pelo governo Manoel Pedro direcionadas ao segmento que foram sempre com foco na igualdade de direitos e o combate à violência de gênero”, disse Lucilene Curvelo.

A secretária Lucilene Curvelo homenageou todas as servidoras públicas do município com mensagens e honrarias, além de flores e chocolate, na realidade o dia foi de luxo, com direito a muitos mimos, evidenciando a delicadeza que existe em cada uma que enfrenta o dia a dia de trabalho na Prefeitura de Itamaraju sem perder sua feminilidade. “Bem aventurada a mulher que, dia após dia, com pequenos gestos, com palavras e atenções que nascem do coração, traça caminhos de esperança para a sua gente”, ressaltou a secretária Lucilene Curvelo.

diad1A secretária de Finanças Lucilene Curvelo é uma militante política histórica no município de Itamaraju e responsável por inúmeros projetos administrativos e econômicos que colocaram a cidade e o município no seu patamar de independência política. Determinada e muito querida, acabou por receber de volta todas as homenagens que havia promovido, recebendo mimos tanto pessoalmente, quanto pelas redes sociais de funcionários públicos e da população. “Só somos capazes de dar o que recebemos, por tanto no dia Internacional da Mulher, retribuo o carinho e apoio que recebo todos os dias, além disso, estamos reconhecendo a valorosa contribuição dessas mulheres no desempenho de suas funções”, concluiu Lucilene Curvelo.

O CRAS II – Centro de Referência da Assistência Social, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, realizou também na manhã do dia 08 de março, um encontro com as mulheres usuárias do serviço para comemorar o dia internacional da Mulher. As atividades deram inicio com Fernanda Valéria da Silva Nogueira, coordenadora do CRAS II, desejando as boas vindas. E logo após o secretário Municipal de Desenvolvimento Social, Selmides Souza Pereira, o “Bida”, falou da importância do papel da Mulher na Sociedade e das atividades da sua pasta no “Março Mulher” que prosseguem até o dia 31 em Itamaraju.

diad2Para o secretário “Bida”, a figura da mulher, de elemento secundário, passou a ser algo extremamente importante na sociedade atual, onde ela exerce cada vez mais um papel de protagonista, embora ainda sofra com as heranças históricas do sistema social patriarcalista em seu dia a dia. Com o tempo, graças às lutas promovidas, a mulher vem conseguindo aumentar o seu espaço nas estruturas sociais, abandonando a figura de mera dona de casa e assumindo postos de trabalho, cargos importantes em empresas e estruturas hierárquicas menos submissas.

A advogada Mariana Rocha, técnica do CREAS – Centro de Referência Especializado da Assistência Social palestrou sobre os Direitos das Mulheres, destacando a importância do dia e as conquistas alcançadas pelas mulheres. Falou sobre a Lei Maria da Penha, que este ano completa uma década e lembrou que muitas ações de marketing deixaram de lado o típico tom de homenagem na publicidade para protestar contra a violência doméstica e outras barreiras contra a igualdade entre os gêneros. E finalizou dizendo que: “o mês de março não seja apenas um mês para comemorar, mas que seja um mês para refletir sobre o papel da mulher na sociedade”.

diad3O prefeito Manoel Pedro Rodrigues Soares, o “Pedro da Campineira” (PSD), fez uma importante reflexão sobre as celebrações. “Não por acaso, a influência do feminismo tem crescido na sociedade, apesar do fato de muitas pessoas carregarem mitos sobre esse movimento, tal como pensar que feminismo é o contrário de machismo ou que as mulheres feministas lutam contra os homens, entre outros erros. A luta feminista é pela igualdade entre mulheres e homens na sociedade, é contra o machismo patriarcal, lutando pela liberdade individual, tanto é que homens também podem atuar, embora as lideranças devam ser obviamente compostas por mulheres. Mas uma coisa é fato, a importância da mulher na sociedade faz-se cada vez mais intensiva na ocupação de cargos públicos e privados. No entanto, há ainda muitos avanços a serem conquistados”, disse. (Por Athylla Borborema).

  Categorias: