Acusado de assassinar a própria mulher morre em confronto no interior de Itanhém

Acusado de assassinar a própria mulher morre em confronto no interior de Itanhém
10 junho 10:55 2018 Imprimir esta notícia

Um homem de 35 anos, que tinha mandado de prisão no Espírito Santo, morreu na manhã deste último sábado (9), em confronto com policiais militares, na Rua Turmalina, em Ibirajá, distrito de Itanhém. Segundo a PM, os militares foram recebidos à bala e reagiram.

Ramiro Fabiano Neto, o “Tota”, desde o dia 25 de agosto do ano passado, tinha em seu desfavor um mandado de prisão preventiva, com duração até 2037, expedido pelo juiz Bruno Fritolli Almeida, da comarca de Alto Rio Novo-ES., pelo crime de homicídio qualificado.

Ele era acusado de assassinar sua própria companheira a tiros, após uma desavença na pequena cidade do noroeste capixaba. (Informações: Água Preta News)

  Categorias: