Acusado de duplo homicídio, comparsa de “Tiago 157” é preso pela Polícia Civil do Prado

Acusado de duplo homicídio, comparsa de “Tiago 157” é preso pela Polícia Civil do Prado
10 novembro 00:14 2017 Imprimir esta notícia

Nesta quinta-feira, dia 9 de novembro, a Polícia Civil do Prado, em cumprimento a um mandado de prisão preventiva, depois de várias diligencias investigativas, oitivas e autos de reconhecimento fotográfico, conseguiu recolher à carceragem, Matheus Ramos Gonçalves, autor de pelo menos dois homicídios ocorridos no ano de 2016, onde uma das vítimas, Cleiton dos Santos Muniz, foi executada com disparos de arma de fogo dentro de casa e a outra, Alane de Jesus da Hora, foi executada após ter sido chamada por telefone até o local da execução. Alane, segundo a polícia, era ex-namorada de Matheus, que agora foi preso.

“Esse elemento era comparsa, sempre visto junto com a pessoa conhecida por “Tiago 157”, tido como o terror do Prado, esse com cinco mandados de prisão em seu desfavor”, informa o delegado Kleber Gonçalves, titular do Prado. Segundo Gonçalves, “Tiago 157” era acusado de cometer 11 assassinatos, tendo sido morto após confrontar com a Polícia Militar nesse ano de 2017.

Após interrogatório na Delegacia da Polícia Civil do Prado (DEPOL), Matheus Ramos Gonçalves foi recambiado à sede da 8ª Coorpin de Teixeira de Freitas, onde permanece custodiado à disposição da Justiça. (Por Ronildo Brito)

  Categorias: