Acusado de incitar greve, tenente-coronel é preso e levado ao Quartel no ES

Acusado de incitar greve, tenente-coronel é preso e levado ao Quartel no ES
27 fevereiro 09:58 2017 Imprimir esta notícia

O tenente-coronel Carlos Alberto Foresti já está detido no Quartel de Maruípe, em Vitória-ES. Ele se apresentou na tarde do sábado (25) à policia militar carioca, em Itaperuna, e na manhã deste domingo (26) foi encaminhado para o Presídio da Polícia Militar do Espírito Santo, segundo informações da Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp). O oficial é um dos quatro militares que tiveram a prisão decretada na última sexta-feira (24). Eles são acusados de incitar o movimento grevista e de aliciamento de outros policiais, com a divulgação de áudios e vídeos em redes sociais..

No último dia 8, Foresti teve uma crise nervosa do Centro de Operações da Polícia Militar (Copom) e foi levado para ao Hospital da Polícia Militar, de onde foi liberado. Neste sábado (25) ele postou em seu perfil em uma rede social que estava em Itaperuna, no Rio de Janeiro, e que se apresentaria à Polícia Militar carioca. Informou que foi procurado em sua casa pela manhã. “Mas eu estava tentando repousar em uma estância para recuperar minha saúde já debilitada e pelo visto não consegui”, disse. (Informações: A Gazeta)

  Categorias: