Acusado de matar empresário por ciúme se entrega à polícia de Teixeira de Freitas

Acusado de matar empresário por ciúme se entrega à polícia de Teixeira de Freitas
01 agosto 20:42 2018 Imprimir esta notícia

Está custodiado no Conjunto Penal de Teixeira de Freitas (CPTF), Sérgio Gomes Fonseca, o “Serjão”, acusado de assassinar o empresário Luciano Francisco da Silva, de 59 anos, sócio do Sacolão Center, uma loja de hortifruti muito conhecida na cidade.

O crime aconteceu no último dia 18 de junho, quando a vítima saía de sua residência, numa rua lateral ao Hipermercado GBarbosa, no bairro Jardim Caraípe, pedalando uma bicicleta rumo ao seu estabelecimento comercial. Atingido por disparos de arma de arma de fogo o empresário foi socorrido ao Hospital Municipal de Teixeira de Freitas (HMTF), onde antes de morrer conseguiu informar o nome daquele que havia efetuado os tiros.

Após a conclusão do inquérito policial a cargo do delegado Manoel Andreeta, titular do Núcleo de Homicídio e Tráfico (NHT), serviço especializado da 8ª Coorpin, foi solicitada a prisão preventiva de Sérgio Gomes Fonseca, o “Serjão”, que acabou sendo decretada pela juíza Adriana Tavares Lira.

Desde então o acusado foi considerado foragido da Justiça e temendo ser preso a qualquer momento, resolveu apresentar-se em companhia de um advogado à sede da 8ª Coorpin. A motivação do assassinato teria sido passional, já que “Serjão” não estaria aceitando o relacionamento amoroso de sua ex-esposa com o empresário.

O mandado de prisão foi dado como cumprido pelo delegado Ricardo Amaral, titular da Polícia Civil de Teixeira de Freitas, que logo depois determinou a ida do acusado ao Conjunto Penal (CP), onde permanece à disposição da Justiça. (Da redação TN)

  Categorias: