Acusado de praticar roubos em série é preso; comparsa consegue escapar

Acusado de praticar roubos em série é preso; comparsa consegue escapar
06 junho 13:19 2018 Imprimir esta notícia

Na noite desta terça-feira, dia 5 de junho, policiais militares da 87ª Companhia Independente de Teixeira de Freitas (CIPM), apresentaram na sede da Delegacia Territorial (DT), um homem acusado de praticar assaltos em série na cidade. Momentos antes de prisão, segundo a polícia, o acusado e um comparsa, realizaram quatro assaltos, inclusive roubando uma motocicleta Honda NXR Bros 125, de cor preta, placa policial OVA-6762, crime ocorrido na Rua José Gonçalves, no Bairro Jardim Planalto.

Na ação, os criminosos em uma moto vermelha chegaram armados e anunciaram o assalto. Os mesmos criminosos chegaram armados em um galpão da Secretaria de Educação, usado para distribuição de merenda escolar da rede municipal de ensino, localizado na Rua Profeta Issa, no Bairro Monte Castelo, onde fizeram um arrastão e subtraíram objetos e documentos das vítimas.

A Polícia Militar foi acionada e informada dos casos e, então, guarnições do PETO, da SOInt, do 1° Pelotão e militares da Operação Romeu e Julieta começaram a mapear as ações dos criminosos e iniciaram buscas. Os acusados, usando uma Sundown/Hunter 90, de cor vermelha, placa policial JMJ-6914, estavam realizando os crimes e fugindo para a zona rural, onde escondiam os objetos roubados.

Diante disso, as guarnições montaram cerco tático e conseguiram avistar os criminosos, que ao tentarem fugir, caíram, entrando em uma área de brejo. Um dos criminosos conseguiu fugir, mas, o outro foi capturado e identificado como Kaike Teles da Silva, de 20 anos de idade, que reside no Bloco 102 do Residencial Santos Guimarães, no Colina Verde.

Questionado sobre o crime, Kaike assumiu os roubos realizados nesta terça-feira (5) e também o assalto à Loja Madri, onde ele e outro comparsa levaram diversos aparelhos. Kaike foi perguntado sobre onde estariam os objetos roubados e a moto, e ele levou os militares até a zona rural, e apontou uma represa, onde eles tinham jogado a motocicleta.

brejod1Os militares realizaram buscas e localizaram a moto completamente submersa. Com muito trabalho os militares conseguiram retirar a moto da água e seguiram com as buscas, onde encontraram diversas bolsas, dinheiro e documentos das vítimas. Diante do flagrante, os militares deram voz de prisão a Kaike. O caso foi registrado e apresentado ao delegado Charlton Fraga Bortolini, que iniciou os procedimentos, ouvindo as vítimas.

Na delegacia as vítimas reconheceram Kaike como autor do roubo da moto e também do galpão, e relataram que ele usava uma arma tipo pistola, que não foi encontrada. Kaike relatou que a arma está com o seu comparsa, que era quem pilotava a moto nos roubos, já que ele não sabe pilotar.

O delegado restitui os bens para as vítimas e flagranteou Kaike por roubo (artigo 157). Kaike já possui passagem na Delegacia de Polícia Civil e disse à que estava roubando porque precisava de dinheiro. Kaique foi encaminhado para a carceragem da 8ª COORPIN, onde seguirá preso à disposição da Justiça. (Da redação TN)

  Categorias: