Acusado enfrenta a polícia pela segunda vez e morre durante troca de tiros em Prado

Acusado enfrenta a polícia pela segunda vez e morre durante troca de tiros em Prado
Menor foi socorrido à UPA e depois transferido ao HMTF / Foto: Prado Notícia
04 julho 19:54 2018 Imprimir esta notícia

Márcio da Silva Miruaba, que já tinha passagem por tráfico e porte ilegal de arma de fogo, morreu na madrugada desta quarta-feira, dia 4 de julho, na rua Pedro Lago, bairro São Brás, um dos maiores e mais populosos da cidade do Prado.

Uma guarnição da 88ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), que fazia rondas ostensivas em Prado, recebeu a informação que o acusado estaria armado e traficando drogas em sua própria residência. Os policiais pediram apoio para outra guarnição da Cipe-Mata Atlântica, que também estava realizando diligências na cidade e uma ação conjunta foi desencadeada para localizar e prender o suspeito.

O problema, segundo os militares, é que ao chegarem na residência apontada na denúncia, foram recebidos com dois tiros, momento que aconteceu o revide. Atingido o acusado correu pelos fundos, mas baleado caiu. Ele ainda foi socorrido à Unidade de Pronto Atendimento (UPA), na própria cidade do Prado, onde acabou não resistindo.

Com Márcio da Silva Miruaba, que já havia confrontado com a Polícia Civil do Prado em 2016, quando foi atingido na perna e preso em posse de uma pistola calibre 380, os policiais apreenderam, além do revólver e as munições, 89 pedras e uma porção maior de crack, saquinhos plásticos para embaçar drogas e dois aparelhos celulares.

Após guia expedida pela Delegacia Territorial do Prado (DT), o corpo foi removido ao IML de Itamaraju. (Da redação TN)

  Categorias: