Adolescente que teve braço decepado por tiro não resiste e morre no HR de Eunápolis

Adolescente que teve braço decepado por tiro não resiste e morre no HR de Eunápolis
10 dezembro 10:14 2015 Imprimir esta notícia

O adolescente de 17 anos que teve o braço amputado após ser atingido por um tiro de arma de grosso calibre, no bairro Alecrim II, na segunda-feira (07), não resistiu ao ferimento e morreu na madrugada desta quarta-feira (09), no Hospital Regional de Eunápolis (HRE).

Conforme noticiado pelo site Radar64, Iago Oliveira estava internado em estado grave desde que foi baleado, possívelmente por um tiro de espingarda calibre 12, crime ocorrido no mesmo bairro onde ele morava. A Polícia Militar ainda não sabe se o adolescente participava da troca de tiros ou se acabou atingido por estar próximo.

O corpo do jovem foi encaminhado para o Instituto Médico Legal de Eunápolis (IML), para exames de necropsia.

O tiroteio foi informado à polícia e assim que uma guarnição da 7ª CIPM chegou ao Alegrim II, encontrou Iago caído, agonizando e com parte do braço amputado pelo disparo. Os criminosos, que estariam em dois carros, já tinham fugido. (Da redação TN)

  Categorias:

Comente a matéria

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.