Adriano Souza cria Anteprojeto para instalação de Hidrantes de Combate a Incêndios em Teixeira de Freitas

Adriano Souza cria Anteprojeto para instalação de Hidrantes de Combate a Incêndios em Teixeira de Freitas
13 março 22:38 2017 Imprimir esta notícia

Na sessão ordinária da Câmara Municipal de Teixeira de Freitas na manhã desta segunda-feira (13/03), sob a presidência do vereador Agnaldo Teixeira Barbosa, o “Agnaldo da Saúde” (PR), houve uma indicação legislativa aprovada de autoria do vereador Adriano Santos Souza (PTN), requerendo ao Poder Executivo Municipal a instalação de Hidrantes de Combate a Incêndios em pontos estratégicos do município de Teixeira de Freitas, na forma do anteprojeto elaborado e encaminhado.

O vereador Adriano Souza lembra que o projeto é necessário para o tamanho de Teixeira de Freitas. Segundo ele, seriam hidrantes urbanos, que são aparelhos de ferro fundido, instalados na rede pública de água da cidade, pela companhia que a administra, com o propósito de servir de ponto de abastecimento das viaturas do Corpo de Bombeiros. São destinados ao combate de incêndios e outras operações, e estão sempre ligados aos encanamentos de abastecimento de água, permitindo a adaptação de bombas ou mangueiras para o serviço de extinção de incêndios.

O vereador Adriano Souza lembra que de tamanha importância exige que os hidrantes estejam sempre em ótimas condições, para serem utilizados pelos Bombeiros, em casos de emergências. Além disso, eles também atuam como fontes avançadas de água, que permitem sua utilização em outros serviços, como a retirada de impurezas das ruas (quando em número muito grande) e a limpeza de logradouros públicos, após inundações, onde exista o acúmulo de lama e destroços que possam obstruir seu uso.

Segundo Adriano Souza, é válido salientar, também, que a utilização, tanto quanto a manutenção dos hidrantes, são restritas, privativamente, ao Corpo de Bombeiros e a companhia de saneamento básico da cidade, sendo o uso deles, por qualquer outro órgão ou pessoa, passível de penalidades legais. Ele disse que espera que o Poder Executivo seja sensível a esta necessidade e atenda a sua proposição. (Por Athylla Borborema).

  Categorias: