Advogado deixa carta de despedida e comete suicídio em Teixeira de Freitas

Advogado deixa carta de despedida e comete suicídio em Teixeira de Freitas
12 janeiro 12:54 2014 Imprimir esta notícia

Desaparecido há três dias, foi encontrado no final da manhã deste sábado (11), já em estado de decomposição, o corpo do advogado Ricardo Santos da Silva, de 27 anos, que era homossexual.

Desconfiados com o sumiço do jovem advogado familiares do mesmo resolveram ir até sua residência, localizada à rua José Tomás da Silva, no bairro Residencial dos Pioneiros, onde encontraram o mesmo morto enforcado, numa cena típica de suicídio.

Após o achado do corpo a Polícia Civil e o Departamento de Polícia Técnica de Teixeira de Freitas (DPT) foram acionados. Após a perícia de local o corpo foi removido ao IML para exames de necropsia.

Antes de se matar o jovem escreveu em seu computador e imprimiu uma carta de despedida e dirigida à sua mãe.  Na carta Ricardo assume ser homossexual, pede desculpas e diz que tudo que ele mais desejava era o melhor para sua genitora. O mesmo conteúdo da carta também gravado em um vídeo. (Por Ronildo Brito e Tyago Ramos)

  Categorias: