Aliado de Valmir Assunção pode pleitear vaga de vice na chapa de Silvinho, em Mucuri

Aliado de Valmir Assunção pode pleitear vaga de vice na chapa de Silvinho, em Mucuri
24 maio 10:31 2016 Imprimir esta notícia

O prefeito Paulo Alexandre Griffo, o Paulinho de Tixa (PSL), já definiu o nome que levará o seu apoio nas eleições deste ano no município de Mucuri. Sílvio Kléber, mais conhecido como Silvinho, desde o início do ano vem sendo colocado como pré-candidato a prefeito, tanto que já participa de reuniões com as mais diferentes comunidades do município, em um projeto conhecido como “Governo Participativo”.

Se o nome do candidato a prefeito que levará o apoio da família Griffo, inclusive do ex-prefeito Tixa, já está definido, resta agora a aliança que escolherá o candidato a vice-prefeito. Com a saída de Carlos Simões do grupo, abriram outras possibilidades, inclusive a ida de um candidato de esquerda, ligado ao PT municipal e ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), que pelo número de assentamentos, parece reunir condições de tentar o posto na chapa que vai disputar o processo de sucessão municipal.

Nos últimos dias o Teixeira News conseguiu levantar, que apesar das conversações ainda estarem na fase de bastidores, um dos nomes com possibilidade de pleitear a vaga de candidato a vice da chapa de Silvinho, é Clésio Marques, petista histórico do município, assessor e pessoa muito ligada ao deputado federal Valmir Assunção.

Clésio Alves Marques, tem 43 anos, é casado e bacharel em Direito pela Universidade Federal de Goiás (UFG). É militante do MST, assessor de Valmir Assunção e filiado ao PT desde 1998.

Nas eleições municipais de 2000, Clésio Marques foi candidato a vereador em Mucuri, oportunidade que chegou à primeira suplência.

Na manhã desta terça-feira, dia 24 de maio, a reportagem do Teixeira News conseguiu contatar Marques por telefone, quando ele informou que atualmente atua no eixo Feira de Santana/Salvador, em ações ligadas ao mandato de Valmir Assunção e ao próprio Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra. Sobre a possibilidade de integrar a chapa do pré-candidato Silvinho, Clésio Marques adiantou que ainda não houve nenhuma conversa nesse sentido, apesar de já ter recebido resposta positiva de Assunção, frente a qualquer projeto seu ligado à política mucuriense.

Sobre a possibilidade de uma negociação futura, Clésio adiantou que nos próximos dias estará em Mucuri, quando vai buscar ouvir os integrantes do Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores, bem como a coordenação do MST no município. “Valmir me disse que a política deve ser ocupada pelas novas lideranças e que possuam propósito e anseio de galgar espaços na vida pública. O que sempre desejo é dialogar em busca de caminhos capazes de contribuir com a melhoria da qualidade de vida da população, especialmente os trabalhadores e trabalhadoras”, falou. (Por Ronildo Brito)

  Categorias: