Ângelo Coronel cria polícia legislativa com 60 integrantes

Ângelo Coronel cria polícia legislativa com 60 integrantes
03 março 12:40 2018 Imprimir esta notícia

Angelo Coronel (PSD), presidente da Assembleia, diz que antes das eleições deste ano instala a Polícia Legislativa da Assembleia da Bahia, segundo ele uma iniciativa já adotada por 14 outros Estados no país afora.

Os efeitos práticos: hoje em torno de 40 policiais militares trabalham na Assembleia, inclusive fazendo a segurança da área externa. Estes vão voltar para os quartéis. Só vão ficar lá os seis que servem à presidência.

Hoje, a Assembleia tem oito seguranças concursados, que serão incorporados. Aliás, há muito eles lutam por isso. Com a polícia legislativa, os inquéritos de episódios que lá se passarem serão feitos lá mesmo.

Se diz que a grande maioria dos policiais administrativos serão advogados, os maiores concurseiros. Mas Coronel diz que no mesmo concurso vai suprir quadros também em outras áreas, como a administrativa e a médica. O salário inicial é entre R$ 6 mil e R$ 7 mil. (Informações: Levi Vasconcelos – A Tarde)

  Categorias: