Após dois protestos no interior, comunidade escolar ocupa Câmara de Alcobaça e denuncia precariedade na educação

Após dois protestos no interior, comunidade escolar ocupa Câmara de Alcobaça e denuncia precariedade na educação
23 fevereiro 12:31 2016 Imprimir esta notícia

Primeiro foram os alunos do Assentamento 40/45 que fizeram uma manifestação denunciando a falta d’água na Escola Municipal do lugar, além de outras necessidades, como irregularidade na merenda escolar e má qualidade do transporte público do alunado.

pixid1Logo depois foram os estudantes, pais e professores do povoado de Pouso Alegre, mais conhecido como Pixixica, que protestaram exigindo o fim da falta do transporte escolar, distribuição da merenda nas escolas e chamaram a atenção do prefeito Bernardo Olívio para as péssimas condições de um colégio, onde cerca de 100 alunos dizem que parte do telhado pode desabar a qualquer momento sobre eles.

pixid2Como não obtiveram uma resposta da administração municipal, especialmente da Secretaria de Educação de Alcobaça, parte do alunado ocupou a galeria da Câmara de Vereadores durante a sessão realizada na noite desta segunda-feira, dia 22 e mais uma vez pediram providências para a solução imediata dos problemas na rede pública de ensino.

pixid5Portando faixas e cartazes os alunos pediram apoio aos vereadores do município, na busca de uma solução junto ao governo de Bernardo Olívio, que ultimamente vem mergulhando numa crime sem precedentes. O político que antes saía às ruas para pregar um governo próspero e baseado nos valores da população local, hoje mal consegue falar em público, pois quase sempre é barrado com vaias.

pixid4Algumas imagens obtidas pelo Teixeira News, mostram ônibus escolares caindo aos pedaços, com bancos rasgados, vidros quebrados, fiações de partes elétricas expostas e visivelmente sem nenhuma condição de transportar crianças e adolescentes. Na parte física dos prédios escolares a situação não é diferente, já que escolas aparecem em locais improvisados, com banheiros e estruturas hidráulicas insalubres, e tetos prestes a desabar.

pixid6Mesmo diante dos manifestos em seus locais de estudo e a ocupação da Câmara Municipal de Vereadores ocorrida na noite desta segunda-feira (22), a secretaria de Educação de Alcobaça ainda não comentou sobre as providências que deve adotar para atender os pedidos de socorro da comunidade escolar. (Por Ronildo Brito)

pixid7

pixid8

  Categorias:

Comente a matéria

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.