Após ser investigado por fraudes e ter mandato cassado, ex-prefeito é denunciado mais uma vez

Após ser investigado por fraudes e ter mandato cassado, ex-prefeito é denunciado mais uma vez
12 maio 13:26 2018 Imprimir esta notícia

O ex-prefeito de Jaguarari, Everton Carvalho Rocha foi denunciado mais uma vez pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA). Ele e outras seis pessoas, entre elas dois ex-secretários municipais, são apontados pelo órgão estadual de envolvimento em um esquema de fraudes em processos licitatórios em Jaguarari, no norte da Bahia.

Everton Rocha teve o mandato cassado em sessão realizada na Câmara de Vereadores da cidade no dia 29 de março. Ele é apontado pelo MP-BA de crime político em denúncia encaminhada pelo ex-vice-prefeito de Jaguarari.

De acordo com o MP-BA, na nova denúncia, o ex-prefeito e as outras seis pessoas, fraudou procedimentos licitatórios com o objetivo de obter vantagens para a empresa Valutare Consultoria Tributária Ltda. O G1tentou, mas, até a publicação desta reportagem, não conseguiu contato com a empresa nem com o ex-prefeito.

Conforme apontam as investigações do MP-BA, em agosto de 2017, o município abriu processo licitatório para contratação de empresa prestadora de serviços de software. A sessão de recebimento das propostas ocorreu em setembro, mas, desde o mês de agosto, a Valutare já prestava efetivamente o serviço ao município.

Consta, inclusive, nos autos um contrato assinado pela Valutare logo após a retirada dos editais, o registro de que a empresa venceu a licitação, mesmo com todas as irregularidades e não preenchendo os requisitos formais. Além disso, no início deste ano, novo certame foi direcionado em favor da Valutare.

A denúncia apresentada à Justiça hoje é fruto da “Operação Fallitur Visio”, deflagrada no dia 28 de março pela Promotoria de Justiça de Jaguarari, com apoio da Promotoria de Justiça Regional de Senhor do Bonfim e da Promotoria de Justiça de Central. (Informações: G1 Bahia)

  Categorias: