“Ataíde Cigano” é assassinado na saída de sítio em Alcobaça

“Ataíde Cigano” é assassinado na saída de sítio em Alcobaça
20 outubro 10:36 2016 Imprimir esta notícia

Na noite desta quarta-feira, dia 19 de outubro, policiais da 88ª Companhia Independente de Alcobaça (CIPM), foi informada através do telefone 190, sobre um assassinato que acabara de acontecer na saída de um sítio numa localidade conhecida como Cutia, interior do município.

Chegando ao local, às margens da rodovia BA-001, entre Alcobaça e o Prado, os policiais depararam-se com o corpo de Altaídes da Silva Vitor, o “Ataíde Cigano”, de 51 anos, natural de Botelhos-MG., e que também era conhecido como “Ataíde da Fábrica”, por possuir uma indústria em Alcobaça.

Pouco tempo depois os militares da 88ª CIPM trataram de comunicar o ocorrido à Polícia Civil, momento que o delegado Marco Antônio Neves, acompanhado de agentes da 8ª Coorpin e dos peritos Manuel Garrido e Everton dos Anjos, do Departamento de Polícia Técnica de Teixeira de Freitas (DPT), deslocaram-se ao lugar, onde foram realizados o levantamento cadavérico e a perícia de local.

ataided2Foram recolhidos dois estojos de pistola 9 milímetros, apesar que no corpo da vítima só existia uma perfuração no braço esquerdo. Possivelmente o projétil atravessou o braço e acertou algum órgão vital, sendo pulmão ou coração.

Autoria e motivação do assassinato são desconhecidas e o delegado Marco Antônio Neves, autoridade que está à frente das investigações, informou que o inquérito do caso já está aberto e ele procura testemunhas que possam oferecer algum detalhe sobre o homicídio.  (Por Ronildo Brito)

  Categorias: