Bahia registra mais um caso que pode ter relação com jogo da ‘Baleia Azul’

Bahia registra mais um caso que pode ter relação com jogo da ‘Baleia Azul’
21 abril 11:28 2017 Imprimir esta notícia

Mais um caso na Bahia pode ter relação com o jogo ‘Baleia Azul’, prática que propõe a jovens obedecer a 50 regras até culminar com o suicídio. Nesta quarta-feira, 19, uma adolescente, de 17 anos, teria tentado tirar a própria vida na cidade de São Félix. Boatos circulam na região de que o incidente tem ligação com o jogo.

Apesar das suspeitas, informações preliminares passadas pelo delegado que está investigando o caso, Eduardo Coutinho, dão conta de que a jovem tem históricos de automutilação, cortes feitos no corpo. De acordo com ele, todas as possibilidades serão investigadas.

Ainda segundo o delegado, a adolescente, que está internada em um hospital da região, disse que conhece o jogo, mas que o caso não tem nenhuma ligação. O celular da jovem será recolhido para perícia e investigação.

Morte

O corpo da adolescente Ana Vitória Sena de Oliveira, 15 anos, que teria participado do jogo virtual Baleia Azul – prática que propõe a jovens obedecer a 50 comandos, até culminar com o suicídio – foi encontrado por pescadores no início da tarde desta quinta-feira, 20, no rio São Francisco, na região do Porto do Jatobá, em Petrolina (Sertão de Pernambuco). A garota desapareceu na última segunda, 17, na cidade baiana de Juazeiro, que faz divisa com o município pernambucano. A informação foi confirmada pela 17ª Coordenadoria Regional de Juazeiro (Coorpin).

A suspeita da família de que a tragédia tenha relação com o jogo se intensifica, pois segundo a polícia, o corpo apresentava vários cortes nos braços e pulsos, característica de autoflagelo proposto pelo game. No celular de garota havia vídeos de uma pessoa se mutilando. Os parentes acreditam que seja a jovem nas imagens.

A adolescente tinha deixado uma carta de despedida na qual avisava aos familiares que pularia da ponte Presidente Dutra, que liga Juazeiro a Petrolina. (Da redação TN)

  Categorias: