Bahia: Sindicato oferece R$ 10 mil por informação sobre morte de delegado

Bahia: Sindicato oferece R$ 10 mil por informação sobre morte de delegado
21 abril 10:06 2018 Imprimir esta notícia

O Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado da Bahia divulgou nesta sexta-feira (20) uma recompensa de R$ 10 mil para quem passar informações sobre a morte do delegado Marco Antônio Torres, titular da unidade de Barra de Estiva. O corpo carbonizado do delegado foi achado entre as cidades de Tanhaçu e Anagé, no sudoeste da Bahia, depois que ele saiu para uma viagem.

A recompensa é para colaborar com a equipe que está investigando o caso, segundo o sindicato. Não há até o momento nenhuma informação sobre quem matou o delegado ou o que motivou o crime.

“Nossos colegas estão focados e a diretoria do sindicato decidiu oferecer a recompensa por entender que este é mais um mecanismo que pode auxiliar e agilizar as investigações. Temos absoluta confiança na capacidade da equipe de policiais designada”, diz em nota o presidente do sindicato, Fábio Lordello.

O sindicato divulgou um celular que receberá, inclusive anonimamente, denúncias sobre o caso. Quem acreditar ter alguma informação que pode ajudar a solucionar a morte do delegado deve ligar para (77) 98104-1010.

De acordo com testemunhas, o delegado ia de Barra de Estiva para Vitória da Conquista, uma viagem de cerca de 190 km. Ele estava dirigindo uma caminhonete e levava uma moto na carroceria. O corpo do delegado foi achado na sexta-feira (13). (Informações: Correio)

deledd

  Categorias: