Bombeiro é preso acusado de sequestrar família de empresário no ES

Bombeiro é preso acusado de sequestrar família de empresário no ES
06 setembro 20:43 2017 Imprimir esta notícia

Um cabo do Corpo de Bombeiros foi preso na manhã desta quarta-feira (06), no quartel da corporação, na Enseada do Suá, em Vitória-ES. Marcelo Veloso de Oliveira é acusado de participar de uma quadrilha que sequestrou de mãe e filha no município de Conceição da Barra, no Norte do Estado, na última quinta-feira (31).

Segundo a polícia, três homens vestidos como policiais foram até a casa de um empresário, 31 anos, em Conceição da Barra. Na ocasião do fato, ocorrido na manhã da última quinta, os criminosos disseram que o motivo da abordagem era uma arma que a vítima teria em casa e que, por causa do objeto, o empresário, um funcionário e a família (a esposa, 23 anos, e a filha, uma menina de dois anos), teriam que ser levados para a delegacia de São Mateus, onde seriam ouvidos pelo delegado.

O empresário, a família e o funcionário deixaram a residência em um veículo Chevrolet Onix dos criminosos e seguiram por uma estrada de terra que liga Conceição da Barra a São Mateus. Antes de sair da casa, os bandidos pegaram um cordão de ouro e cerca de R$ 1.000 que estavam de posse das vítimas. No meio do caminho, o empresário e o funcionário foram abandonados e amarrados em um local ermo.

O empresário e o funcionário conseguiram se soltar e foram até a Delegacia de Conceição da Barra denunciar o fato. Do Norte, os policiais entraram em contato com a delegacia anti-sequestro (DAS) em Vitória.

Perseguição na BR 101

As polícias civil e militar e a PRF do Norte do Estado foram mobilizadas e, durante a tarde de quinta, o veículo Onix, conduzido por um motorista, foi abordado na BR 101 PRF de Linhares. Houve troca de tiros, mas o criminoso conseguiu fugir e abandonou o carro, que tinha restrição de furto/roubo.

Um outro carro, um Ford Fiesta, com três criminosos, dava cobertura ao Onix. Foi por meio da placa do Fiesta que a polícia conseguiu chegar até a quadrilha.

Os policiais encontraram Leandro Martins Araújo, 19 anos, proprietário do Fiesta, em Cariacica. Ele contou que comprou o carro em sociedade com o tio, José Maria Araújo. Leandro disse aos policiais que o objetivo inicial do crime era roubar o dinheiro do cofre na casa do empresário.

Após a prisão de Leandro, a polícia recebeu a informação de que as vítimas foram liberadas em um posto de combustível de São Mateus. Mãe e filha ficaram em poder dos criminosos durante 24 horas.

Leandro foi preso por extorsão mediante sequestro e entregou os demais integrantes da quadrilha, o que resultou na prisão do bombeiro Marcelo Veloso de Oliveira. O cabo é um dos três criminosos que fingiu ser policial para abordar a família.

A polícia chegou até o bombeiro pois o equipamento que grava as imagens das câmeras de segurança do empresário estava no Onix apreendido pela PRF na BR 101. As gravações mostraram Marcelo dentro da casa do empresário.

Foragidos

Estão foragidos o tio de Leandro, José Maria Araújo, apontado como chefe da quadrilha. Ele já foi condenado a 21 anos de prisão por um roubo em Ibiraçu-ES.  O crime aconteceu em 2011. Ele fugiu da prisão em maio desse ano.

O outro foragido é Gabriel dos Santos, que teve envolvimento no latrocínio de um engenheiro em Conceição da Barra-ES. A polícia informou que as investigação sobre a real motivação do sequestro ainda vão continuar. (Informações: A Gazeta)

 

  Categorias: