Brasileiros devem tirar título de eleitor ou solicitar troca no local de votação até 9 de maio

Brasileiros devem tirar título de eleitor ou solicitar troca no local de votação até 9 de maio
12 abril 11:34 2018 Imprimir esta notícia

O eleitor tem até o dia 9 de maio para pedir a inscrição eleitoral, alterar os dados cadastrais ou transferir o domicílio eleitoral para estar apto a votar nas eleições de outubro. Segundo o cientista político Valdir Pucci, é preciso estar atento ao prazo para ficar em dia com Justiça Eleitoral.

“A questão para transferência dos títulos eleitorais, para quem quiser votar e estiver fora do seu domicílio eleitoral e quiser transferir para o seu novo domicílio atual, o seu novo domicílio de residência. Esse prazo é até o dia 9 de maio, para que a pessoa possa solicitar, junto ao cartório eleitoral, essa transferência do título eleitoral.”

Os eleitores com deficiência ou mobilidade reduzida podem solicitar a transferência para uma seção que tenha acessibilidade até 9 de maio. Além disso, segundo o calendário eleitoral, esta é a data final para que presos provisórios e adolescentes internados que não tiverem inscrição eleitoral regular sejam alistados ou peçam a regularização de sua situação para votar nas eleições de 2018.

A inclusão e a atualização da identidade de gênero no cadastro eleitoral também devem ser feitas até esta data para valer nas eleições de outubro. Lembrando que os travestis e os transexuais podem incluir o nome social no título de eleitor e no caderno de votação das eleições desde o dia 3 de abril.

O nome social é aquele pelo qual o transexual ou travesti é reconhecido socialmente, diferente do nome civil, que consta na certidão de nascimento. Já a identidade de gênero estabelece com que gênero a pessoa se identifica, masculino ou feminino.

Quem perder esse prazo só vai poder fazer a alteração após as eleições e só poderá votar nos próximos pleitos. (Da redação TN)

  Categorias: