Câmara aprova Projeto de Lei do vereador Adriano Souza que institui Feira de Artesanato em Teixeira de Freitas

Câmara aprova Projeto de Lei do vereador Adriano Souza que institui Feira de Artesanato em Teixeira de Freitas
12 julho 19:20 2018 Imprimir esta notícia

O Projeto de Lei do Legislativo n° 12 de 21 de março de 2018, de autoria do vereador Adriano Santos Souza (Podemos), que institui mensalmente a feira de artesanato no município de Teixeira de Freitas, que tramitava nas comissões permanentes desde o último dia 21 de março, foi aprovado por unanimidade na sessão ordinária da Câmara Municipal, na manhã desta última quarta-feira (11/07).

O vereador Adriano Souza comemorou aprovação e disse que o seu projeto nasce com o objetivo de motivar os artistas e incentivar a arte artesanal e difundir a cultura local, com uma programação diversificada e com a exposição de produtos reciclados e variadas atividades culturais. Para ele, a Feira de Artesanato é importante, pois “estimula a participação dos artesãos do município, possibilitando conhecer o trabalho deles e agregando valor ao artesanato, e contribui para a sustentabilidade do planeta, reaproveitando resíduos descartáveis de madeira inadequada e atrairá a apresentação de tantas outras modalidades de artes-finais para o local, além de revelar muitos potenciais.

Segundo o vereador Adriano Souza, conferir as novidades em feiras de artesanato é fundamental para ativar as ideias. Para ele, é nesses eventos que estão reunidas as tendências e o que vai servir de inspiração para você criar suas peças, além de conquistar clientes e transformar de vez seu negócio com artesanato em arte e empreendedorismo. E, sobretudo, a proposta da Feira de Artesanato possui o objetivo de reduzir ao máximo os possíveis impactos ambientais e propõe a produção artesanal sustentável como forma de desestimular o consumo exagerado e impulsionar, de forma criativa, o processo de transformação social, econômico e ambiental. O Projeto de Lei seguiu para o Poder Executivo Municipal na busca da sanção do prefeito. (Por Athylla Borborema)

  Categorias: