Carlos Simões vai reequipar unidades de saúde para aumentar repasses do MS em Mucuri

Carlos Simões vai reequipar unidades de saúde para aumentar repasses do MS em Mucuri
Prefeito Carlos Simões e Manoel Messias Boaventura de Novais
19 maio 19:01 2017 Imprimir esta notícia

O prefeito do município de Mucuri, Carlos Simões (PDT) decidiu que vai reequipar todas as suas unidades de saúde da atenção básica e qualificar ainda mais os serviços visando aumentar repasses do Ministério da Saúde. Mucuri foi um dos poucos municípios da Bahia que conseguiu nestes primeiros quatro meses de 2017, melhorar a qualidade dos serviços na atenção básica de saúde e assegurou o seu índice (excelente) e sustentou os seus repasses financeiros regulares.

O prefeito Carlos Simões, que é médico de formação, obteve a boa notícia nesta última quarta-feira (17/05), em Brasília, numa audiência no Ministério da Saúde, onde se reuniu com Manoel Messias Boaventura de Novais, assessor especial do ministro Ricardo Barros. Segundo Messias Boaventura, Mucuri tem sido um dos poucos municípios baianos que tem atendido as exigências do Ministério da saúde e qualificou ainda mais os serviços nesta nova gestão que vai resultar num maior repasse financeiro.

O prefeito Carlos Simões que protocolou uma pauta de reivindicações no Ministério da Saúde visando investimentos para a saúde pública do município, inclusive a construção de uma Maternidade Municipal na cidade de Mucuri, disse que vai promover outros investimentos, tanto na estrutura física, quanto na qualificação das equipes profissionais para que a atenção básica de Mucuri cubra 100% o município e sirva de modelo para o país e bata o recorde na arrecadação de recursos para o setor.

Com mais investimentos na saúde pública, explica o prefeito Carlos Simões, o município de Mucuri exerce uma fase real de conquistar sempre mais recursos federais para se investir numa saúde de qualidade para os seus munícipes. A expectativa é que haja sempre a ampliação da atenção básica com o aumento dos repasses para a área, e não apenas aumento de números de PSFs, mas também na cobertura, ampliação e implantação de outros programas da atenção primária. Pois se a pessoa não faz a prevenção na atenção básica acaba parando no hospital, o que acaba aumentando o custo dos tratamentos, principalmente para os municípios.

“É papel, é meta e obrigação do Ministério da Saúde cumprir o componente de qualidade criado, destinando mais recursos para as unidades que cumprirem metas na qualificação dos trabalhos desenvolvidos pelas equipes de saúde da atenção básica. Estamos honrando estes compromissos para assim auxiliarmos os municípios a darem as condições mínimas para que possam atender a população, contudo, os municípios precisam fazer sua parte, aplicando devidamente os recursos. E Mucuri é um exemplo, está cumprindo rigorosamente este componente”, ressaltou Messias Boaventura, assessor especial do ministro Ricardo Barros.

Já o prefeito de Mucuri salienta: “Vamos ainda mais acelerar o trabalho e nos planejar para que o município invista devidamente os recursos que recebemos centavo por centavo para o custeio das Unidades Básicas de Saúde, pagamento dos profissionais de saúde e aquisição de equipamentos e insumos. Quanto mais sejamos eficientes e transparentes, mais repasses financeiros conquistaremos em favor do bem estar da população. O repasse vai garantir melhores condições de trabalho para os profissionais e um atendimento de maior qualidade à nossa gente de Mucuri”, explicou o prefeito Carlos Simões. (Por Athylla Borborema).

  Categorias: