Chamou mulher para dançar, não foi atendido e ainda terminou assassinato em Alcobaça

Chamou mulher para dançar, não foi atendido e ainda terminou assassinato em Alcobaça
17 abril 19:33 2018 Imprimir esta notícia

Um homem de 61 anos de idade, assentado do Projeto 40-45, no município de Alcobaça, foi assassinado na noite do último domingo, dia 15, durante um evento festivo que acontecia no lugar. João Francisco do Rosário, segundo testemunhas, teria chamado uma mulher para dançar e o irmão da mesma, enfurecido de ciúmes, apossou-se de uma garrafa de cerveja e a quebrou na cabeça do idoso.

Não contente com a agressão inicial, o assassino, conhecido no assentamento por “Dominguinhos”, teria ficado com uma parte estilhaçada da garrafa e logo em seguida consumou o crime com outros golpes do pescoço da vítima. Visitantes da festa ainda iniciaram uma mobilização para socorrer o idoso ao Hospital Municipal de Teixeira de Freitas (HMTF), mas praticamente degolado, o sitiante veio a óbito em seguida.

Nesta última segunda-feira (16), após guia expedida pelo delegado Charlton Fraga, titular da Polícia Civil de Alcobaça, o corpo de João Francisco do Rosário, de 61 anos, foi removido ao Departamento de Polícia Técnica de Teixeira de Freitas (DPT), para exames de necropsia. Informações dão conta que “Dominguinhos”, que fugiu logo após o crime, teria assassinado outro rapaz recentemente. Se ele não se apresentar espontaneamente, sua prisão pode ser pedida à Justiça nos próximos dias. (Da redação TN)

  Categorias: