Criança agredida por mãe e padrasto tem morte confirmada e acusada deve ficar presa Teixeira de Freitas

Criança agredida por mãe e padrasto tem morte confirmada e acusada deve ficar presa Teixeira de Freitas
04 agosto 23:18 2018 Imprimir esta notícia

O pequeno Gabriel Santos da Silva, de 3 anos de idade, violentamente agredido pela mãe e o padrasto no domingo, dia 29 de julho, em Porto Seguro, teve a morte confirmada na tarde desta última sexta-feira (03/08), após cinco dias internado no Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães. A equipe médica já tinha anunciado a morte cerebral do menino, mas como de praxe, precisava de um protocolo detalhado para chegar à conclusão.

Os acusados, Anderson Avelino dos Santos e Jamile Jesus dos Santos, ambos de 23 anos, foram presos no mesmo dia e estão custodiados por força de um mandado de prisão preventiva da Justiça.

O delegado Felipe Martins, que preside o inquérito policial do caso, informou que o casal foi indiciado por tortura qualificada pelo resultado de morte. Anderson Avelino foi encaminhado ao presídio de Eunápolis, enquanto Jamile deve ser recambiada nos próximos dias à ala feminina do Conjunto Penal de Teixeira de Freitas (CPTF).

O corpo de Gabriel foi levado ao Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Porto Seguro e depois seguiu para Ubaitaba, no sul da Bahia, onde mora o pai dele. Jamile possui outros seis filhos, apenas dois deles, gêmeos, são do relacionamento com Anderson. As crianças estão com familiares. (Da redação TN)

  Categorias: