Cuidado com o banho quente no inverno!

Cuidado com o banho quente no inverno!
26 junho 20:27 2018 Imprimir esta notícia

Dermatologista Bruno Vargas explica sobre os cuidados com as principais enfermidades ligadas à queda da temperatura

Durante o inverno, com a queda das temperaturas, é normal que todos recorram logo aos banhos bem quentes, que, apesar de serem bastante reconfortantes, não são muito bons para a pele. O dermatologista Bruno Vargas, ressalta que a água quente provoca a remoção da camada de oleosidade natural da pele, o que favorece o ressecamento e o surgimento de certas doenças, comuns nesse período. Dentre elas estão a psoríase, as dermatites seborreica e dermatite atópica e a pitiríase alba. O médico explica cada uma delas:

Psoríase

Atinge pessoas entre 20 e 40 anos e é caracterizada pelo surgimento de placas avermelhadas, com escamas secas e pode apresentar coceira ou queimação.

A doença é crônica, não contagiosa e costuma ter uma periodicidade cíclica, ou seja, aparece e desaparece periodicamente. Apesar de não ter suas causas conhecidas, é bastante associada a alterações emocionais (estresse, por exemplo) e acredita-se numa predisposição genética.

Ela pode se agravar no período do inverno devido ao maior ressecamento e pouca hidratação da pele e aos banhos quentes.

Dermatite seborreica

É uma descamação da pele, que ocorre principalmente na face e na cabeça. Dentre os sintomas estão coceira, vermelhidão, descamação e escamas brancas (caspas). A dermatite seborreica é considerada uma doença de caráter crônico, com períodos de melhora e piora dos sintomas.

O tempo frio e seco, associado aos banhos quentes, agrava o quadro da doença.

Dermatite atópica

É um processo inflamatório crônico da pele que pode atingir face, membros e troncos com lesões avermelhadas. O principal sintoma é a coceira. A pele também costuma ficar mais áspera e escurecida.

Durante o tratamento, também é necessário evitar banhos quentes e demorados, utilizar sabonetes neutros e hidratar bastante a pele.

Pitiríase Alba (mais conhecida como impinge)

A pitiríase alba, mais conhecida como impinge, ocorre devido ao ressecamento da pele e tem seu quadro agravado durante os períodos mais frios, devido à diminuição do manto de proteção natural da pele (manto lipídico). Causa pequenas manchas brancas na pele. Para evitar que ela se agrave, é indicado procurar um dermatologista para um tratamento mais específico. (Da redação TN)

  Categorias: