Definidos os dias para os voos regulares no Aeroporto de Teixeira de Freitas

Definidos os dias para os voos regulares no Aeroporto de Teixeira de Freitas
04 agosto 19:47 2014 Imprimir esta notícia

A Azul Linhas Aéreas solicitou no final da última semana à Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) uma nova rota, ligando a capital mineira a Teixeira de Freitas. Além de acrescentar o novo destino na malha, a companhia Azul reativa os voos comerciais em Teixeira de Freitas, maior centro urbano do extremo sul e que fica numa região promissora e com concentração de grandes indústrias, inclusive nas áreas de celulose e álcool.

Ainda na solicitação da Azul consta outra rota ligando Confins, em Belo Horizonte, diretamente com Feira de Santana, mais uma cidade baiana que já teve o seu aeroporto vistoriado e vive a expectativa dos sonhados voos comerciais.

Especificamente em Teixeira de Freitas, a Azul prevê realizar voos todas as segundas, quartas e sextas. A estreia vai acontecer no dia 29 do próximo mês de setembro. A negociação com a Azul é considerado apenas o primeiro passo do processo para a chegada e saída de aeronaves em Teixeira de Freitas, pois a partir do momento que for iniciada a regularização das operações aéreas é inevitável que outras companhias também se interessem, porém em outras rotas. O mais desejado é que sejam voos de Salvador/Teixeira de Freitas/Vitória-ES., e vice-versa.

Quem comemorou bastante a confirmação da operação dos voos regulares em Teixeira de Freitas foi o prefeito João Bosco Bittencourt (PT), considerado o principal responsável pela operacionalização do aeroporto da cidade. Além dos investimentos do município, Bosco ressalta recursos reivindicados e obtidos junto aos governos Estadual e Federal, sem os quais os pousos e decolagens seriam impossíveis. “Aí está a importância de estarmos alinhados com os governos Wagner e Dilma”, comemora.

Na definição da rota de Teixeira de Freitas a Confins, que por sinal é um aeroporto de base, a empresa Azul teria levado em conta o número de passageiros que partem diretamente da região rumo a Belo Horizonte-MG., diariamente. Seriam cerca de 50 pessoas embarcando nos ônibus todos os dias, sendo obrigados a enfrentar um trânsito bastante congestionado, principalmente a partir da região do Vale do Aço. O percurso terrestre que dura quase 12 horas, será feito em cerca de 50 minutos por via aérea. (Por Ronildo Brito)

  Categorias: