Delegado Robério Farias diz que mudança em delegacias foi para melhorar arquitetura funcional da Polícia Civil

Delegado Robério Farias diz que mudança em delegacias foi para melhorar arquitetura funcional da Polícia Civil
25 março 11:50 2018 Imprimir esta notícia

O delegado adjunto da 8ª Coordenadoria Regional da Polícia Civil em Teixeira de Freitas, Robério Farias Reis, concedeu na manhã da última sexta-feira (23/03), uma entrevista por mais de 1 hora ao programa “Câmara em Debate” da Rádio Câmara 90,9 FM. Dentre outras coisas enalteceu por inúmeras vezes o comando da sua chefe, a delegada Valéria Fonseca Chaves (coordenadora da 8ª Coorpin).

A entrevista do delegado Robério Farias aconteceu um dia pós a cidade ter recebido ineditamente a visita do delegado Flávio Augusto de Andrade Góis, diretor do DEPIN – Departamento de Polícia do Interior da Polícia Civil da Bahia, que se reuniu com todos os delegados de polícia da região e depois com o comando da Polícia Civil local para tratar de assuntos pertinentes a demanda local.

O delegado Robério Farias ao ser perguntado, disse que a expectativa é grande do Governo da Bahia criar em Teixeira de Freitas a tão sonhada Delegacia de Homicídios e a também Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos que já estão no planejamento do governo estadual, após provocação feita tanto ao delegado geral da Polícia Civil Bernardino Brito, quanto aos delegados José Bezerra Junior (DHPP) e Elvio Brandão de Oliveira (DRFR) que estão sinalizando positivamente.

Na semana anterior a Polícia Civil promoveu algumas mudanças na circunscrição da 8ª Coorpin: O delegado Marco Antônio Neves que era o delegado adjunto da Delegacia Territorial de Itamaraju foi exonerado e nomeado titular da Polícia Civil de Nova Viçosa. A delegada Waldiza Fernandes foi exonerada de Nova Viçosa e nomeada delegada adjunta de Itamaraju. O delegado Manoel Andreetta foi exonerado do cargo de titular em Teixeira de Freitas e assume uma nova missão no Núcleo de Homicídios e Tráfego de Drogas da 8ª Coorpin, onde fará dupla com o delegado Bruno Ferrari. Já o delegado Ricardo Amaral deixou o Núcleo e assume a titularidade da Polícia Civil de Teixeira de Freitas.

O coordenador adjunto da 8ª Coorpin, delegado Robério Farias, disse que a mudança feita pela coordenadora Valéria Fonseca Chaves faz parte do planejamento da Polícia Judiciária e tudo foi decidido em comum acordo com a direção geral em Salvador, sendo que desta vez, houve uma mudança para melhorar a arquitetura funcional da circunscrição, tendo em vista que a 8ª Coordenadoria Regional da Polícia Civil possui um dos melhores quadros de delegados da Bahia.

“A mudança promovida pela nossa coordenadora, Drª Valeria Fonseca Chaves, representa melhora na nossa arquitetura funcional e toda mudança às vezes incomoda, mas serve de aprimoramento, no entanto, esta mudança servirá para oxigenar o sistema policial e promover transformações necessárias na sua operacionalidade com objetivo de aperfeiçoar os trabalhos da Polícia Judiciária e as escolhas correspondem ao perfil de cada delegado no que se refere a nova missão de cada um”, disse o delegado Robério Farias.

E acrescentou: “No caso especifico do delegado Manoel Andreetta que é um dos melhores delegados de polícia que já conheci, bom gestor, ágil, diligente, zeloso, aplicado, conduta apreciável, disciplinado e extremante trabalhador, deixou a titularidade onde lhe tomava muito tempo como gestor para assumir uma missão complexa que só ele é capaz de nos promover mais resultados satisfatórios para sociedade, contudo, em breve teremos para ele uma outra missão ainda maior que confiamos plenamente em entregá-la em mãos”, concluiu o coordenador adjunto Robério Farias. (Por Athylla Borborema)

  Categorias: