Dupla capixaba é executada com 23 tiros de pistolas em Teixeira de Freitas; famílias reconhecem corpos

Dupla capixaba é executada com 23 tiros de pistolas em Teixeira de Freitas; famílias reconhecem corpos
02 abril 01:49 2016 Imprimir esta notícia

A 87ª Companhia Independente da Polícia Militar de Teixeira de Freitas (CIPM), foi acionada na manhã desta sexta-feira, dia 1º de abril, para que pudesse deslocar uma guarnição à comunidade de Piatã, no interior do município, onde dois corpos tinham sido encontrados crivados de balas.

Policiais do Pelotão de Emprego Tático Operacional (PETO) e do 1º Pelotão, deslocaram-se imediatamente ao lugar e assim que comprovaram  a veracidade da informação, trataram de comunicar o ocorrido à Polícia Civil e ao Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Na perícia de local a cargo dos peritos Bruno Mello e Pedro Paulo, foram recolhidas cápsulas de pistolas calibres 380 e Ponto 40 e nos corpos, foram observadas várias perfurações. Uma das vítimas foi morta com 16 tiros e a outra com 7, totalizando 23 disparos, em sua maioria nas cabeças. Um dos jovens mortos estava de capacete e próximo aos cadáveres foi localizada e apreendida uma moto Honda CG, de cor vermelha, placa policial MTV-6417, licenciada em Jaguaré-ES. Após a perícia de local foi autorizada a remoção dos corpos ao IML de Teixeira de Freitas. Nos corpos, além das perfurações provocadas pelos disparos, foram observados outros sinais de violência.

piatad1E na tarde desta mesma sexta-feira, dia 1º de abril, familiares compareceram ao IML, onde fizeram o reconhecimento formal dos corpos. Os dois rapazes assassinados são Jefferson Rodrigues Ferreira, de 19 anos e Wallas de Oliveira Silva, 30, ambos nascidos em Pedro Canário-ES., e que residiam em Braço do Rio, também em território capixaba. Os familiares foram encaminhados à sede da 8ª Coorpin de Teixeira de Freitas, onde acabaram ouvidos pela delegada Maria Luíza Ribeiro, de plantão na unidade e autoridade que iniciou as investigações do duplo assassinato.

Os parentes disseram que os dois jovens estavam desaparecidos e não souberam afirmar o que pode ter havido para que os mesmos viessem para a Bahia. Autoria e motivação da dupla execução seguem desconhecidas e na tarde desta sexta, dia 1º, foi confirmado que o inquérito do caso terminou repassado às mãos do delegado Manoel Andreeta, novo titular da Polícia Civil no município de Teixeira de Freitas, que vai seguir com as investigações. (Por Ronildo Brito e Tyago Ramos)

  Categorias:

Comente a matéria

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.