Enterrado o corpo da servidora pública morta a facadas em Teixeira de Freitas

Enterrado o corpo da servidora pública morta a facadas em Teixeira de Freitas
Mulher for morta a facadas e o ex-marido foi preso em flagrante
16 abril 12:49 2017 Imprimir esta notícia

O corpo da funcionária pública Aloísia Helena Soares Borges, a “Beta”, de 42 anos, morta a facadas no interior de sua própria casa, crime ocorrido no fim da noite da última quinta-feira, dia 13 de abril, na Rua Esplanada, Bairro Liberdade II, na região sul de Teixeira de Freitas, foi enterrado na manhã deste sábado (15), no Cemitério Jardim da Saúde. O ex-marido dela, Edson de Jesus, de 47 anos de idade, foi preso em flagrante por acusação de ter cometido o crime.

Segundo informações de amigos e familiares, Aloísia e Edson estavam separados há cerca de três anos, mas mesmo assim, os dois continuavam morando no mesmo endereço. Eles foram casados por 23 anos, mas ele não aceitava a separação, e conforme os relatos de pessoas próximas à vítima, o suspeito vivia ameaçando a ex-mulher.

Aloísia Helena Soares Borges, a “Beta”, de 42 anos, trabalhava como atendente em uma unidade de saúde na mesma região onde foi morta e deixou três filhos. Ela era uma pessoa muito conhecida e o crime chocou os moradores, principalmente dos bairros Liberdade I e II, além de Jardim Liberdade. (Por Ronildo Brito)

  Categorias: