Está ruim: Vice Lucas Bocão discute com ouvinte e atribui problemas ao prefeito Timóteo Brito

Está ruim:  Vice Lucas Bocão discute com ouvinte e atribui problemas ao prefeito Timóteo Brito
23 março 14:19 2017 Imprimir esta notícia

Como faz há anos no seu programa de rádio, o comunicador Lucas Bocão, atual vice-prefeito de Teixeira de Freitas, deixa os telefones abertos e qualquer pessoa pode ligar e falar ao vivo. O número de telefonemas é sempre grande e nesta quarta-feira, dia 22 de março, um dos ouvintes, sem dizer o nome, participou da transmissão e após fazer reclamações em relação a setores da Prefeitura, passou a atribuir parte da culpa ao próprio radialista, eleito vice-prefeito na chapa encabeçada por Timóteo Brito (PSD).

No momento dos questionamentos e surpreso pelas colocações do ouvinte, Lucas Bocão irritou-se. “Eu não tenho a caneta, quem tem é Timóteo Brito. Se ele não está cumprindo com sua função de prefeito, que ele saia e aí eu entro e vou cumprir. Eu ajudei a eleger o prefeito e não tenho nada no governo, não pedi nada e se ele não está cumprindo com o que a cidade merece, que a Câmara de Vereadores e as demais autoridades tomem as providências. Eu não vou ficar aqui servindo de escudo pra ninguém”, falou.

Ao ser novamente indagado pelo ouvinte sobre sua mudança de discurso à época da campanha e agora, Bocão ficou mais irritado e disparou: “Eu já vi que o senhor está com “dança de rato” comigo e no mínimo é um “baba ovo”, então vá se catar”.

Dando sequência ao programa o radialista e vice-prefeito Lucas Bocão (PV), passou a fazer críticas ao governo de Timóteo Brito, apontando responsabilidades e pontuou que não estaria contente com o momento da atual gestão. “Levei o ex-prefeito João Bosco e o atual Timóteo Brito, de casa em casa e ninguém nunca me chamou pra nada. Não estou aqui brigando, retrucando, mas gostaria de deixar claro para a população que está errado, que eu não concordo com a maneira como Teixeira de Freitas está sendo administrada. Não vou ser para-choque de prefeito que está com o poder e eu não estou com nada. Eu tenho a credibilidade do povo, que confia em mim, que está me ouvindo todos os dias. Mas eu não vou ficar sofrendo enquanto o prefeito está com um grupo de pessoas no ar-condicionado”.

E reafirmou sem citar nomes: “Meu irmão, acorde pra vida, eu fui eleito pra enfrentar os problemas junto contigo e não para ficar no “escanteio” como você está fazendo. Se a empresa quiser pode tirar o meu programa do ar, mas eu não vou ser mais conivente. Eu não aceito mais que tantas pessoas morram no Hospital Regional, com o desemprego e a violência que aí estão. Ninguém aguenta mais”.

E finalizou: “Eu queria que tudo estivesse de outra forma. Poderia chegar aqui [rádio] e ficar quieto, mas eu não aceito. A administração de Teixeira de Freitas não está boa”.

No início da noite o vice-prefeito Lucas Bocão, usou as redes sociais, para tentar minimizar o efeito devastador do seu pronunciamento público e divulgou um texto em que negou ter “rachado” politicamente com o prefeito Timóteo Brito. “Causou muitos comentários a minha fala durante a apresentação do meu programa no dia de hoje. Caminhei juntamente com Timotéo Brito por acreditar que seria uma parceria que traria o melhor para Teixeira de Freitas. Nestes primeiros dias de governo, sei das dificuldades pelas quais tem passado a população teixeirense, principalmente na questão da saúde pública. Continuo acreditando no governo Timóteo, e irei estar sempre cobrando para que sejam cumpridas as promessas de campanha, continuarei defendendo essa gente querida que me confiou o voto”.

E tentou mais uma vez amenizar suas afirmações: “Alguns pessoas más estão a todo momento querendo fomentar discórdias e brigas. Quero sim poder ajudar a construir uma Teixeira melhor, ao lado do prefeito Timóteo Brito, pois embora eu tenha a certeza de que esse início está sendo meio tumultuado e tem causado certa insatisfação para população, acredito em dias melhores, acredito que a administração entrará nos eixos. Minha preocupação é o povo , este povo que eu defendo e jamais aceitarei que os cidadãos fiquem desamparados pelo poder público”.

Mas não deixou de afirmar que continuará com sua visão crítica em seu programa de rádio: “Estarei cobrando sim, criticando sim, toda fez que for necessário, como também estarei aplaudindo cada acerto”, finalizou Bocão. (Por Ronildo Brito)

  Categorias: