Estudantes estão ganhando a Praça da Ciência em Teixeira de Freitas

29 julho 12:52 2016 Imprimir esta notícia


A Prefeitura Municipal de Teixeira de Freitas iniciou as obras de construção da Praça da Ciência que ficará implantada no largo da Praça da Prefeitura, na região do encontro da Avenida Presidente Getúlio Vargas com a Avenida Marechal Castelo Branco. Conforme o secretário Municipal de Infraestrutura Henrique Gonsalves, o “Henrique da Ceplac”, o município está construindo 15 praças em todo município e a Praça da Ciência no centro da cidade é objetivando estimular a construção de uma cultura científica desde a infância.

cienciad1 Com a Praça da Ciência os estudantes contarão com experimentos lúdico-científicos, como conchas acústicas, bicicleta geradora, harpa de tubos, alavanca, cadeira giratória, balanços de comprimentos diferentes e basquete giratório para aprender na prática o que é ensinado nas aulas de ciência. A iniciativa é da Prefeitura Municipal de Teixeira de Freitas em parceria com o Governo do Estado, através da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação da Bahia e, o projeto está inserido no Programa Educar para Transformar, um Pacto pela Educação.

cienciad3A Praça da Ciência será protegida por circuito para melhor conservação. O cunho educacional da Praça da Ciência foi ressaltado pelo secretário de Infraestrutura, Henrique Gonsalves. “Esta é mais uma forma de pluralizar a ciência no Estado e mais um exemplo do comprometimento desta gestão com a educação. Acredito que esta praça ajudará no aprendizado de muitas crianças de Teixeira de Freitas”, disse.

cienciad2O secretário Henrique Gonsalves lembra que a construção da Praça Olímpica que ainda está em fase de conclusão, mas já serviu a população em duas ocasiões recentes, para receber a Tocha Olímpica e para a Festa do São João, foi uma das maiores conquistas da comunidade no que se refere esporte e lazer. E agora a emoção será maior para os estudantes que contarão com mais uma ferramenta para aprender. “Essa Praça da Ciência é mais que uma praça. Nela os jovens aprendem ciência de forma lúdica. Daqui vão sair os físicos, os cientistas, os pesquisadores, os médicos e os pedagogos do amanhã”, comemorou Henrique. (Por Athylla Borborema).

  Categorias: