Ex-gestor de Uruçuca tem nova derrota e segue inelegível, diz Valmir

Ex-gestor de Uruçuca tem nova derrota e segue inelegível, diz Valmir
03 setembro 10:12 2016 Imprimir esta notícia

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), em caráter liminar, manteve a inelegibilidade do ex-prefeito do município de Uruçuca, no sul da Bahia, Moacyr Leite (DEM). A decisão foi proferida, nesta última quinta-feira (1º), e confirmada pelo deputado federal Valmir Assunção (PT-BA), que acompanha o caso. O petista foi categórico ao se referir que o político democrata não poderá concorrer ao pleito, deste ano, por ter contas rejeitadas e ter se enquadrado como ‘ficha-suja’. “A emenda é pior que o soneto. Com essa decisão da justiça, foi possível comprovar que Moacyr ainda tem outras contas rejeitadas, atestando que foi, de fato, um péssimo prefeito e não tem condições de governar Uruçuca. Basta de golpistas!”, frisa Assunção.

Conforme a decisão do TJ-BA, assinada pela desembargadora Gardênia Pereira Duarte, a relatora do processo, o ex-prefeito ainda tem contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) e pelo Tribunal de Contas da União (TCU). “Os documentos encartados pelo Município de Uruçuca às fls. 130 e seguintes, mostram que o agravante possui outras contas rejeitadas, tanto pelo TCM quanto pelo TCU, existindo, ademais, sentença proferida pela Justiça Federal em ação de improbidade, aplicando-lhe, entre outras sanções, a suspensão dos direitos políticos. Ante o exposto, indefiro a tutela de urgência pleiteada…”. (Informações: Vitor Fernandes)

  Categorias: