Fundador do Grupo Águia Branca morre aos 87 anos

Fundador do Grupo Águia Branca morre aos 87 anos
10 abril 12:51 2016 Imprimir esta notícia

O fundador e ex-presidente do Grupo Águia Branca, Vallecio Chieppe, morreu aos 87 anos, na manhã deste sábado (9).

O corpo do empresário foi velado no Jardim da Paz de Laranjeiras, na Serra. O sepultamento aconteceu às 16h30, no mesmo local.

Vallecio Chieppe deixa mulher, Nascir Guaitolini Chieppe, e os filhos Decio Luiz, Liliane e Edilene Chieppe, além de netos.

Em nota, os filhos comentaram o falecimento do pai. “Estamos todos sensibilizados com a morte de nosso pai, um homem cuja vida foi toda ela um exemplo que procuramos seguir, que procuramos levar os nossos filhos a seguirem, e que eles certamente terão orgulho que seus filhos sigam. Ele era um homem empreendedor, determinado, ativo e corajoso, que acima de tudo dedicou até quando pôde ao trabalho”.

Nascido em 1928, o empresário foi um dos fundadores do Grupo Águia Branca, junto com os irmãos Wander e Aylmer. Primogênito da família, Vallecio começou a trabalhar aos 7 anos de idade no comércio de secos e molhados em sua cidade natal, Colatina, ao lado do pai, Carlos Chieppe. Mas iniciou no setor de transportes de passageiros em 1946, aos 17 anos, como trocador do único ônibus adquirido pelo seu pai.

Em 1957, o empreendedor decidiu comprar a empresa de ônibus Águia Branca, que mais tarde também integraria outras empresas. Vallecio assumiu a presidência e tomou grandes decisões, como a organização da empresa por divisões e a criação da holding do grupo, em 1989.

O empresário deixou a liderança do grupo em 1996, comemoração de 50 anos da fundação da empresa, pelo avanço do Alzheimer. (Informações: A Gazeta)

  Categorias: