“Gordinho” foge, mas polícia prende “Pé de Chapa” e fecha “boca de fumo” em Teixeira de Freitas

“Gordinho” foge, mas polícia prende “Pé de Chapa” e fecha “boca de fumo” em Teixeira de Freitas
19 agosto 20:12 2017 Imprimir esta notícia

Na tarde desta última sexta-feira, dia 18 de agosto, policias militares do PETO/ROTAM, em rondas ostensivas pelo Bairro Ulisses Guimarães, em Teixeira de Freitas, receberam uma denúncia anônima informando que uma residência na Rua Israel, vinha sendo usada por dois indivíduos como ponto de comercialização de drogas. Os militares, então, saíram em diligência para confirmar o fato e ao se aproximarem do endereço denunciado, avistaram os suspeitos, que ao notar a aproximação dos militares empreenderam fuga.

Os suspeitos correram para os fundos do imóvel, mas, um cerco foi montado e um deles foi capturado. Trata-se de Adriano Oliveira dos Santos, o “Pé de Mapa”, de 27 anos de idade. Os militares revistaram Adriano e encontraram com ele uma bucha de maconha. Ao ser perguntado sobre a existência de uma quantidade maior de drogas, o indivíduo relatou aos militares que havia mais em um dos dormitórios do imóvel. O acusado acompanhou os militares, apontou o local e disse que estava debaixo da sua cama.

Os militares encontraram três munições de pistola calibre 9 milímetros, além de 21 buchas de maconha, uma balança de precisão, dois aparelhos celulares LG, uma espingarda tipo cartucheira, duas facas tipo peixeira e a quantia de R$ 55,00 em espécie. Questionado sobre quem seria o suspeito que fugiu, o acusado disse que se trata de Wenderson Azevedo dos Santos, o  “Gordinho, que, segundo o suspeito, também reside no local. “Pé de Mapa” recebeu voz de prisão e foi conduzido à sede da 8ª Coorpin.

chapad1O caso foi apresentado à delegada Maria Luíza Ribeiro, de plantão na unidade, que imediatamente iniciou os procedimentos para lavrar a prisão em flagrante. A delegada ouviu os militares e, pouco tempo depois, ouviu Adriano, que foi autuado por tráfico de drogas e posse de munição de arma de fogo de uso restrito. Adriano foi encaminhado à carceragem da 8ª Coorpin, onde permanece preso à disposição da Justiça. (Por Ronildo Brito)

  Categorias: