Governo da Bahia nomeia peritos do concurso de 2014 no DPT

Governo da Bahia nomeia peritos do concurso de 2014 no DPT
26 abril 16:26 2017 Imprimir esta notícia

Aprovados em concurso para o Departamento de Polícia Técnica (DPT), egressos da concorrência realizada pela Secretaria da Administração em 2014, foram nomeados pelo Governo do Estado no Diário Oficial do Estado na última sexta-feira (21). A nomeação de 15 peritos criminais e cinco peritos médicos-legistas para os quadros do DPT, que vão representar um custo anual para o Estado de R$ 3,54 milhões.

Conforme o Edital (SAEB/01/2014), o certame previa um total de 40 vagas para peritos criminais, sendo que 38 nomeações foram feitas, incluindo as publicadas no DOE de sexta-feira (21). Já os peritos médicos-legais possuíam 60 vagas no Edital e totalizam 31 nomeações, somando as que foram publicadas no Diário Oficial.

Por orientação da Procuradoria Geral do Estado (PGE) e do Tribunal de Contas do Estado (TCE), o Governo do Estado vem realizando as nomeações apenas quando ocorrem vacâncias nas áreas da educação, saúde e segurança pública. De acordo com os dois órgãos, as vagas só podem ser preenchidas por substituições nos casos de aposentadoria, falecimento, exoneração e demissões.

Pelo entendimento da PGE e TCE, a administração estadual só pode nomear observando esses critérios, em função de ter extrapolado o limite de gastos com pessoal, imposto pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). O Estado ultrapassou o limite imposto pela LRF com o pagamento dos servidores em função da queda da arrecadação tributária, causada pela situação econômica vivida pelo país.

O Departamento de Polícia Técnica realizou o levantamento do número vacâncias nos cargos de perito criminalista e perito médico-legista, desde a última nomeação do Edital SAEB/01/2014. (Da redação TN)

  Categorias: