Grávida é presa em posse de revólver na rua do Pó, em Teixeira de Freitas

Grávida é presa em posse de revólver na rua do Pó, em Teixeira de Freitas
13 dezembro 13:01 2015 Imprimir esta notícia

Na noite deste sábado, dia 12 de dezembro, por volta das 19h, policiais do Pelotão de Emprego Tático Operacional (PETO), guarnição especializada da 87ª Companhia Independente da Polícia Militar de Teixeira de Freitas (CIPM), prenderam e conduziram à sede da 8ª Coorpin, a grávida Jamile Oliveira Gomes, de 20 anos, moradora da rua Professor Paulo Freire, no bairro Monte Castelo, que guardava uma arma de fogo.

Segundo os militares do PETO, eles realizavam rondas de rotina na conhecida rua do Pó, também no bairro Monte Castelo, quando receberam uma denúncia sobre a existência de uma mulher grávida, que teria sido vista com um revólver. Com as características da acusada os militares detiveram Jamile e após a mesma ser questionada, acabou levando os policiais até uma serralheria, onde entregou o revólver, calibre 32, cano longo, que estava desmuniciado. Com a acusada ainda foram apreendidos dois celulares.

Quando perguntada sobre a propriedade da arma, Jamile Oliveira Gomes, de 20 anos, relatou que a mesma pertencia a um homem, que não se lembrava o nome. Já na sede da Polícia Civil, onde foi apresentada ao delegado Gean Nascimento, responsável pelo plantão regional desse final de semana, a acusada resolveu assumir ser dona do revólver, que seria para sua defesa pessoal. O marido de Jamile está preso, respondendo pelo crime de desmanche de carros.

Com a apresentação o delegado Gean Nascimento ouviu os policiais e a acusada e indiciou a mulher por posse ilegal de arma de fogo, com base na Lei do Desarmamento (Lei 10.826/03). Como está grávida de oito meses a expectativa é que a acusada responda ao crime em liberdade. (Por Ronildo Brito e Tyago Ramos)

  Categorias:

Comente a matéria

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.