Homens deixam o preconceito de lado e tiveram maior participação do “Novembro Azul” em Caravelas

Homens deixam o preconceito de lado e tiveram maior participação do “Novembro Azul” em Caravelas
02 dezembro 10:48 2015 Imprimir esta notícia

A Secretaria Municipal de Saúde de Caravelas encerra a campanha do “Novembro Azul” com 200 atendimentos. O evento de encerramento. ocorrido nesta última segunda-feira (30/11) contou com o apoio do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência na luta contra o câncer de próstata, onde um centro de apoio foi instalado no centro da cidade de Caravelas e mais de 200 atendimentos foram realizados, inclusive também com o serviço de aferição de pressão arterial e glicemia.

Conforme o secretário municipal de Saúde, Mecias Fontes, o SAMU-192 de Caravelas tem um grande diferencial no seu atendimento e na qualificação da sua equipe e por isso, vem realizando um trabalho social no município de extrema grandeza desde sua instalação em 2011. E, por meio do projeto Samuzinho instalou um serviço de grande essencialidade para a população e nas campanhas do Outubro Rosa e do Novembro Azul o SAMU foi de importância salutar.

azulcad1O secretário Mecias Fontes ainda disse que o resultado durante as duas campanhas foi de muita importância para mulheres e homens. Ele lembrou que o câncer de próstata é o segundo que mata mais homens no Brasil, perdendo apenas para o câncer de pele não melanoma e para evitar o aumento desses números, foi criada uma campanha similar ao Outubro Rosa, que tem por objetivo combater o câncer de mama entre as mulheres. E o Novembro Azul, celebrado durante o mês mundial de combate ao câncer de próstata, serviu este ano em Caravelas para motivar a população masculina a fazer exames preventivos e em 2015, se registrou o maior número de homens buscando a prevenção.

Segundo o enfermeiro Onaldo Rocha dos Anjos, o movimento do Novembro Azul fez parte da Campanha “Um Toque, Um Drible”, que busca promover uma mudança de paradigmas em relação à ida do homem ao especialista e à realização do exame de toque. E lembra que o câncer de próstata não costuma causar sintomas na fase inicial. Portanto, torna-se importante a consulta rotineira ao urologista, com o objetivo de fazer o diagnóstico precoce da doença, por meio do PSA e do toque retal.

O prefeito Jadson Ruas Ruas comemorou os resultados alcançados com as campanhas do Outubro Rosa e Novembro Azul, que para ele foram milhares de homens e mulheres de Caravelas que se preveniram de doenças amargas que mais tarde poderiam trazer muita dor de cabeça e até provocar perdas de pessoas queridas. “O governo nos ajudou e a contribuição do município foi essencial nesta missão para que mulheres e homens ganhassem à oportunidade de irem ao especialista e se prevenirem enquanto é tempo”, disse.

azulcadE acrescentou: “Sabemos que o homem tem mais resistência para visitar o especialista e o diagnóstico precoce é hoje a arma mais importante. Quando descoberto nos estágios iniciais, as chances de cura do câncer de próstata são muito mais altas. No Brasil, a doença é responsável por 10,6% do total de óbitos de homens. No entanto, em Caravelas ficamos felizes com os resultados que alcançamos com a participação dos homens durante o Novembro Azul”, destacou o prefeito Jadson Ruas. (Por Athylla Borborema).

  Categorias: