Vídeo: Inquietação com a Saúde Pública volta à pauta da Câmara de Teixeira de Freitas

10 fevereiro 09:30 2017 Imprimir esta notícia

Com a ausência justificada do presidente Agnaldo Teixeira Barbosa, o “Agnaldo da Saúde” (PR), a sessão plenária da Câmara Municipal de Teixeira de Freitas, na noite desta quinta-feira (09/02), foi presidida pelo vice-presidente da casa, vereador José Bernardo Gomes Cabral (PSD). A sessão contou com a presença do juiz de direito Roney Moreira, titular da 2ª Vara Cível e da 183ª Zona Eleitoral da Comarca, que fez parte da mesa e no final da reunião legislativa recebeu uma Moção de Aplauso em reconhecimento aos trabalhos realizados no pleito eleitoral de 2016.

O plenário ainda recebeu a presença dos agentes do Conselho Tutelar da Comarca que foram pedir apoio aos parlamentares em relação aos seus vencimentos que foram lesados pela reforma administrativa do atual governo municipal. Ainda se fizeram presentes na sessão plenária, os voluntários da ONG SerLuz que foi celebrada na Tribuna Livre pelo vereador Valci Vieira dos Santos (SD) em relação aos relevantes serviços prestados pela causa em defesa dos animais em Teixeira de Freitas e, propôs ao Poder Executivo a cessão de um espaço no Mercado Municipal da Feira Livre em favor da ONG para que no local sirva de ponto de comercialização da entidade para angariar fundos em beneficio da instituição.

camd2Já a saúde pública voltou para a pauta da sessão ordinária da Câmara Municipal. O vereador Juvenal Etelvina Laureano, o “Juvenal das Laranjas” (PTN), expressou a sua preocupação com a falta de médicos na UNACON – Unidade de Alta Complexidade em Oncologia de Teixeira de Freitas. Os vereadores Darlan Martins Lopes (PSD) e Wildemberg Soares Guerra, o “Sargento Berg” (PSDB), disseram que a saúde pública exige respostas urgentes do Poder Executivo e propuseram que a PROVIDA, empresa que administra o Hospital Municipal seja convidada para prestar esclarecimentos ao parlamento e à sociedade.

O vereador Joris Bento Xavier (PTC), falou que se sente preocupado com os valores comprometidos com a empresa PROVIDA e os resultados condizentes não alcançam a população. O vereador Joris disse que espera que o prefeito Temóteo Brito (PSD) seja ágil ao máximo para que possa no mais curto prazo de tempo possível resolver a situação da saúde pública da cidade. Existe a previsão da presença do secretário municipal de Saúde, José Arcângelo Depizzol, se fazer presente agora em fevereiro na Câmara Municipal, no dia 20, em reunião interna e no dia 21 em sessão ordinária prestando esclarecimentos sobre o planejamento do setor.

Já os vereadores Marcílio Carlos Goulart (PT) e o Jonathan de Oliveira Molar (SD), levantaram o tema das licitações do transporte público municipal, bem como a situação do vizinho Estado do Espírito Santo que passa por uma crise de segurança pública sem precedentes e alertaram para que os órgãos de segurança da região fiquem em alerta com o caótico estado do território vizinho para não transferir marginais para o lado de cá.

camd1Em relação às licitações públicas, o vereador Marcílio Goulart alertou a todos para os processos de cartas marcadas que têm como meta prejudicar o andamento do município, tanto que alguns processos já foram fiscalizados e cancelados pela COPEL – Comissão Permanente de Licitação. E o vereador Jonathan Molar questionou a preocupação com a qualidade dos serviços prestados pela possível empresa vencedora, contudo, se comprometeu em buscar respostas para população mediante os critérios do contrato da empresa com o município.

O vereador Manoel Pedro da Silva Neto, o “Pedrão” (PV), promoveu um discurso de indignação em relação aos inúmeros serviços sem assistência no município e pediu uma maior agilidade da equipe do novo prefeito Temóteo Brito para iluminar as ruas da cidade, reparar as ruas e prestar um melhor atendimento na saúde pública. “Vamos esquecer o passado. Precisamos nos preocupar agora é com o presente. Não podemos permitir que nossos discursos se debrucem nos erros cometidos no passado. Independente quem for solucionar, uma coisa é certa, os problemas estão aí e precisam ser resolvidos”, ressaltou o vereador Pedrão.

A sessão plenária se concluiu com o vereador Ronaldo Cordeiro fazendo a entrega de uma Moção de Aplauso ao juiz de direito Roney Moreira, que em 2015 recebeu deste mesmo Poder Legislativo, um título de Cidadão Honorário de Teixeira de Freitas. No seu discurso o juiz Roney Moreira falou da importância da política e criticou a corrupção.

camdO magistrado chamou a atenção para a crise política vivida atualmente que envolve em crimes quase a maioria dos integrantes do planalto e alertou sobre a crise na segurança pública no estado vizinho, onde a índole ruim de muitos está sendo suficiente para estas pessoas se juntarem a marginais para saquearem lojas naquele estado. E concluiu recitando uma frase do escritor e jurista Ruy Barbosa: “De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto”, acrescentando que, ainda que tenha sido há muito tempo, faz sentido e é digna das reflexões proferidas. (Por Athylla Borborema).

  Categorias: