Itamaraju: Aluno supostamente transportado em carro de vereador morre atropelado após ter sido deixado de forma errada em frente de escola

Itamaraju: Aluno supostamente transportado em carro de vereador morre atropelado após ter sido deixado de forma errada em frente de escola
Criança sofreu luxações diversas e forte trauma no tórax
08 março 19:37 2017 Imprimir esta notícia

Na manhã desta quarta-feira, dia 8 de março, por volta das 6h40, o pequeno Luiz Fernando Almeida dos Santos, de 9 anos, desembarcou de um ônibus do transporte escolar contratado pela Prefeitura de Itamaraju, pensando que participaria de mais um dia de aulas numa escola pública municipal do Bairro Corujão, na região sul da cidade.

O menino era transportado em um ônibus que pertenceria a um vereador do município, que para brilhar a fiscalização do Tribunal de Contas (TCM), como sempre acontece, teria colocado o veículo em nome de outra pessoa. Esses “conchavos” normalmente são feitos em troca de apoio político ao chefe do executivo na Câmara.

O problema, segundo populares que presenciaram o desembarque do menino, foi que o motorista do ônibus, que seria irmão do vereador, parou o veículo no lado da rua oposto à escola e quando Luiz Fernando desceu para atravessar a via rumo ao colégio, acabou sendo violentamente atropelado por uma caminhão que trafegava no sentido contrário.

Em seguida ao atropelamento o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado, mas como demorou demais, um familiar providenciou o socorro de Luiz Fernando ao Hospital Municipal de Itamaraju (HMI), onde a criança acabou não resistindo e veio a óbito.

Nos protocolos do Ministério da Educação, constam que os condutores do transporte escolar devem parar os veículos em frente aos portões principais das escolas, possibilitando que os alunos desçam e não tenham que atravessar a rua para adentrar aos colégios. Caso contrário, o ônibus precisa manter um monitor treinado em seu interior, para parar o trânsito e possibilitar a travessia dos alunos com segurança.

No fim da manhã desta quarta-feira, dia 8, o corpo de Luiz Fernando Almeida dos Santos, de 9 anos, acabou removido ao Departamento de Polícia Técnica de Itamaraju (DPT), para exames de necropsia. O delegado Bernardo Pacheco, que acaba de ser transferido para Eunápolis, instaurou inquérito policial para investigar o caso, procedimento que seguirá a cargo da delegada Rosângela Santos, titular da Polícia Civil no município de Itamaraju. (Por Ronildo Brito)

  Categorias: