Itamaraju: Ônibus que transporta pacientes para hemodiálise é do cunhado do prefeito Marcelo Angênica

Itamaraju: Ônibus que transporta pacientes para hemodiálise é do cunhado do prefeito Marcelo Angênica
Ônibuis (à esq.) e o casal Valéria Angênica Bodart e o marido Roberto Bodart
10 março 13:49 2017 Imprimir esta notícia

No último dia 18 de fevereiro, após pedidos de parentes, o Teixeira News postou uma reportagem sobre as condições inadequadas do transporte de pacientes com doenças renais crônicas de Itamaraju, que fazem hemodiálise em Eunápolis, principalmente para a senhora Ângela Maria Rosa Soares, de 50 anos, moradora do Bairro Santo Antônio do Monte, na região norte da cidade. Cega, com uma cirurgia delicada numa das pernas e paciente renal, a idosa reclamou em um vídeo enviado ao site de ter que subir no ônibus três vezes por semana, para fazer hemodiálise em Eunápolis. “Além de não enxergar e ter pinos e placas de platina numa das pernas, saio da hemodiálise fraca e tonta. Depois tenho que voltar sentada sem aguentar. São dez anos que não enxergo, dez anos fazendo hemodiálise, já estive na Prefeitura, na Secretaria de Saúde, procurei o secretário e até o Ministério Público. Até agora nada. Pelo amor de Deus me ajudem com um carro pequeno pra que eu volte deitada no banco de trás”, apelou.

bodartd1“A gente já foi na Secretaria de Saúde pedindo um carro pequeno, mas eles falam que só existe o ônibus. Já fomos à Promotoria”, dizem os familiares que gravaram o vídeo e enviaram através do WhatsApp do Teixeira News (73) 9 9917-7501, alegando ainda que a idosa, pra subir no ônibus, estaria precisando da ajuda do seu acompanhante e dos acompanhantes de outros pacientes.

bodartd5

Paciente diz que não aguenta mais voltar sentada no ônibus após passar pela hemodiálise

A notícia ganhou repercussão estadual e nas redes sociais os internautas buscavam uma explicação para tanta “dureza” do prefeito Marcelo Angênica (PSDB), que mesmo sendo médico, não se sensibilizou com a situação da paciente idosa.

Mas nesta sexta-feira, dia 10 de março, o Teixeira News conseguiu apurar os motivos da disponibilização apenas do ônibus Mercedes Benz, modelo Neobus Thunder, placa LTA-0982, de cor branca e Renavam 849016649. No sistema Detran Online, que reúne informações de todos os veículos emplacados na Bahia, o pequeno ônibus aparece em nome de Roberto Lima Bodart, cunhado do prefeito Marcelo Angênica (PSDB).

bodartd2A esposa de Roberto, Valéria Cristina Angênica Bodart, é nada menos do que irmã e sócia de Marcelo Angênica, na Itamed Saúde Ltda., que possui o nome de fantasia Materclin, com capital social de R$ 400 mil e é especializada em atendimento hospitalar. Valéria Cristina Angênica Bodart, também foi nomeada pelo irmão como Coordenadora Municipal de Enfermagem do SAMU de Itamaraju.

bodartd3Em relação ao ônibus de propriedade do cunhado de Marcelo Angênica, contratado para fazer o transporte dos pacientes renais de Itamaraju, o mesmo foi comprado por Roberto Lima Bodart, no dia 25 de janeiro de 2017, antes do fim do primeiro mês da nova gestão. O veículo ano 2004 foi adquirido tão depressa, que ainda aparece alienado à empresa proprietária anterior.

bodartd4No perfil pessoal de Roberto Bodart no Facebook, existem postagens dele e a esposa Valéria Angênica despedindo-se do Espírito Santo, onde moravam e recebendo mensagens de apoio de amigos para os novos desafios “profissionais” do casal em Itamaraju. Às 19h30 do dia 10 de janeiro de 2017, Roberto Bodart postou uma mensagem informando a sua saída do cargo de paramédico do SAMU 192 de Vitória-ES., e dois dias depois (12/01/2017), às 13h47, ele escreveu e confirmou a sua mudança para Itamaraju. Janeiro foi o primeiro mês da gestão de Marcelo Angênica (PSDB). (Por Ronildo Brito)

  Categorias: