Itamaraju: Polícia divulga detalhes que culminaram com a morte de acusado de assassinar motorista e apresenta arma

Itamaraju: Polícia divulga detalhes que culminaram com a morte de acusado de assassinar motorista e apresenta arma
20 julho 16:03 2018 Imprimir esta notícia

Na manhã desta quinta-feira, dia 19 de julho, policiais civis de Itamaraju, comandados pela delegada Rosângela Santos, titular do município, foram cumprir mandado de prisão expedido pelo juiz Rodrigo Quadros de Carvalho, titular da Vara Criminal, em desfavor de Jaime Carlos Pires, o “Carlinhos”, autor do homicídio ocorrido no último dia 14, no interior do ônibus da empresa Expresso Brasileiro. O crime aconteceu no entroncamento do distrito de Pirajá, interior do município, que teve como vítima o motorista Vacton Souza Santos, conhecido por “Tom”, de 37 anos de idade.

Conta a delegada Rosângela Santos “que a equipe ao avistar a residência do acusado, realizou o cerco ao imóvel e ao fazer a aproximação o autor percebeu a movimentação e apareceu na porta do fundo, disparando contra a equipe, onde foi efetuado o revide”. Ao cessar a troca de tidos, ainda segundo Rosângela Santos, a equipe realizou buscas na residência, onde foi avistou o acusado com dois disparos de arma de fogo na altura do tórax e segurando uma arma de fogo tipo revólver, calibre 38, com quatro munições deflagradas. “De imediato a equipe realizou o socorro ao resistente ao Hospital Municipal de Itamaraju (HMI), o qual não resistiu aos ferimentos e veio a óbito”, informa.

Providências adotadas

De acordo com a delegada Rosângela Santos, foi realizada a oitava dos policiais civis que participaram da ação, individualização das armas por cada um utilizada, com a devida anotação dos números, apreensão da arma encontrada em poder do autor e expedição das guias de remoção e necropsia e comunicação da ação à Corregedoria de Polícia Civil – Correpol. (Da redação TN)

  Categorias: