Ivonaldo Batista é assassinado no portão do Colégio Modelo de Itamaraju

Ivonaldo Batista é assassinado no portão do Colégio Modelo de Itamaraju
25 julho 18:06 2015 Imprimir esta notícia

O crime aconteceu no início da noite desta sexta-feira (24) e a vítima foi o radialista e professor universitário Ivonaldo Batista dos Santos, de 48 anos, tutor da UNOPAR e também servidor concursado da Câmara Municipal de Itamaraju, que teria ido no início da noite para se matricular numa pós-graduação da UNEB que funciona no prédio do Colégio Modelo Luiz Eduardo Magalhães, na rua Irmãos Andrada, bairro Jaqueira, da qual escola também já tinha sido professor do ensino médio.

Mas durante a matrícula teria descoberto que havia esquecido as fotografias e então ligou para um mototaxista que fosse à sua casa, na rua Santa Catarina, no centro da cidade alta, buscá-las para ele que estava no Colégio. Ele teria saído da escola e ido ao portão buscar as fotos das mãos do mototaxista e quando tirou o dinheiro do bolso para pagar a corrida, dois homens numa bicicleta pararam no portão e um deles disparou cerca de 5 tiros contra a cabeça do radialista.

Além do mototaxista, dois alunos que conversavam no rol de entrada à escola presenciaram a execução. O dinheiro do radialista caiu ao chão, bem como as fotografias que acabara de receber. Os criminosos fugiram na mesma bicicleta pela rodovia BA-489, em direção ao bairro Primavera.

O crime aconteceu às 19h30 e por volta das 23h30 os peritos do Departamento de Polícia Técnica concluíram os trabalhos de criminalística legal no local do homicídio. Segundo o perito criminal Paulo Libório, o radialista Ivonaldo Batista foi abatido com 10 tiros que lhe atingiram a cabeça, abdômen, perna esquerda e braço esquerdo. No local apenas um projétil amassado foi encontrado, que possivelmente tenha sido de alguma transfixação do corpo da vítima.

Motivação do crime é desconhecida e a polícia não descarta a hipótese de tentativa de assalto ou vingança. Também será investigada a possível ligação do crime com a atuação de Batista no rádio.

O radialista Ivonaldo Batista, que apresentava o programa jornalístico matinal na Rádio Extremo Sul AM de Itamaraju, sempre foi uma das pessoas mais conhecidas e queridas da cidade, membro da Primeira Igreja Batista e irmão do renomado advogado trabalhista Agileu Batista, atual procurador jurídico da Prefeitura de Jucuruçu.

Motivação e autoria do assassinato serão investigadas através de um inquérito policial, que já teve sua instauração determinada pelo delegado Willian Telles, que responde pela Polícia Civil no município de Itamaraju.  (Da redação TN)

  Categorias: