Jovem faz transmissão no Facebook e denuncia assédio sexual do chefe ao vivo

Jovem faz transmissão no Facebook e denuncia assédio sexual do chefe ao vivo
03 agosto 19:15 2016 Imprimir esta notícia

Uma mulher denunciou o assédio sexual que estava sofrendo do chefe durante uma transmissão ao vivo no Facebook. A transex Makana Milho, de 21 anos, cumpria pena comunitária e fazia faxina em uma empresa quando foi abordada pelo supervisor, Harold Vallanueva Jr, com um beliscão no traseiro.

Ela foi levada para o estacionamento do local e começou transmitir a conversa ao vivo para os seus amigos na rede social usando o celular escondido dentro da bolsa. No diálogo, o supervisor sugere que a funcionária lhe faça sexo oral. “Se eu não transar contigo, vou ter que ficar até uma da tarde?”, questiona Makana.

A transmissão durou mais de 30 minutos e já foi vista mais de 197 mil vezes desde o dia 22 de julho. No link, Makana marcou a página da polícia local, que prendeu o supervisor.

“O universo estava girando. Eu pensei que ele poderia fazer basicamente qualquer coisa comigo. Senti minha energia sendo arrancada de mim”, declarou ao site americano “Daily Beast”. (Da redação TN)

  Categorias: