Jovem tem sua casa invadida e é executado na frente da família em Prado

Jovem tem sua casa invadida e é executado na frente da família em Prado
12 maio 19:19 2016 Imprimir esta notícia

Um jovem que recentemente deixou a prisão pela segunda vez, quando fora indiciado por crimes de tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo, teve a sua casa na cidade de Prado, invadida por três homens armados na madrugada desta quinta-feira (12/05), quando se encontrava deitado sob a cama do casal em seu quarto, na companhia da esposa e de um filho bebê.

Conforme a delegada Rosângela Santos, titular da Polícia Civil de Itamaraju e substituta no município de Prado, o crime ocorreu no interior da própria casa da vítima na Rua das Acácias, no bairro Alameda do Atlântico, também conhecido por bairro Portelinha, as margens da BA-489, na zona oeste da cidade. E a vítima foi identificada como sendo o jovem Claudinei Oliveira Silva, o “Claudinho”, 19 anos.

Conforme o perito criminal Paulo Libório, solicitado ao local do crime para presidir os trabalhos de criminalística legal, disse que o assassinato foi uma execução clássica, onde os atiradores tinham o único objetivo de matar o “Claudinho”, que fugiram sem atingir a esposa e nem o bebê.

O perito informou que “Claudinho” foi certeiramente alvejado por 6 tiros, tendo sido 2 disparados contra sua perna esquerda, 1 em cima do tórax que lhe perfurou o coração e 3 lhe atingiram a região abdominal que perfuraram seu pulmão. No local foram coletados dois projéteis destruídos que possivelmente tenha sido os transfixados do seu corpo e durante os exames de medicina legal, mais dois projéteis foram extraídos, aparentemente procedentes de uma arma calibre 38. (Por Athylla Borborema).

 

 

 

 

  Categorias: