Jovens do Programa Primeiro Emprego começam a trabalhar na Embasa

Jovens do Programa Primeiro Emprego começam a trabalhar na Embasa
09 março 09:26 2017 Imprimir esta notícia
Uma nova etapa de vida começa para 148 estudantes da rede estadual de ensino profissionalizante. Contratados pela Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), por meio do Programa Primeiro Emprego, os jovens participaram de uma aula inaugural no Centro Integrado de Manufatura e Tecnologia (Senai-Cimatec), em Salvador, nesta terça-feira (7). Eles receberam orientações sobre carga horária, princípios, diretrizes e funcionamento da empresa.
De acordo com o presidente da Embasa, Rogério Cedraz, a parceria com o Programa Primeiro Emprego é proveitosa. “Nós estamos recebendo jovens com bastante entusiasmo e desejo de trabalhar. São profissionais que vamos ajudar a desenvolver e trarão resultados positivos. Eles vão atuar em diversos segmentos da empresa, nas áreas técnicas, administrativas e operacionais, dependendo do curso técnico que eles estejam fazendo”.
Os aprendizes foram selecionados entre os estudantes da rede pública de ensino pela Secretaria da Educação do Estado, com base no desempenho escolar, e convocados pela Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre). Eles ainda irão passar por um período de capacitação teórica no Senai, instituição parceira do programa, onde vão aprender sobre comportamento, ética profissional e a metodologia que será aplicada pelo programa, baseada na solução de problemas com propostas de melhorias.
A chance de ingressar no mercado de trabalho representa uma mudança de realidade para os jovens e suas famílias. Entre eles, Jackson Cabral, 17 anos, demostra confiança na oportunidade oferecida pelo programa. “Quero crescer, melhorar cada vez mais e alcançar todos os meus objetivos. Eu sei que essa oportunidade é uma chance importante e eu vou me esforçar ao máximo”, afirma. A mãe de Jackson, Eliana Cabral, incentiva o filho: “Agora só depende dele. Com muito trabalho, ele vai vencer qualquer dificuldade. Estamos felizes e cheios de orgulho”. (Da redação TN)
  Categorias: