Jovens mortos em eucalipto eram primos e moravam em Alcobaça

Jovens mortos em eucalipto eram primos e moravam em Alcobaça
08 outubro 12:24 2017 Imprimir esta notícia

Os corpos dos dois jovens foram encontrados dentro de uma plantação de eucalipto, nas imediações do povoado de Aparaju, interior de Alcobaça, nesta última sexta-feira, dia 6 de outubro, mesmo dia em que acabaram removidos ao Departamento de Polícia Técnica de Teixeira de Freitas (DPT), para identificação e posterior realização dos exames de necropsia.

E neste sábado (7), familiares fizeram o reconhecimento formal. As vítimas foram identificadas como Paulo Victor de Souza Nascimento, de 18 anos e David do Carmo, 15, mortos com disparos de armas de fogo. Paulo Victor foi  alvejado por cinco tiros, que atingiram-lhe a perna, costas e cabeça, enquanto David foi morto com quatro tiros, sendo dois numa das pernas, um no peito e outro na cabeça, além de perfurações de arma branca, possivelmente faca do tipo peixeira.

Segundo relatos da família, os primos, moradores de Alcobaça, saíram de moto para comprar fumo para um tio e desapareceram. A moto foi encontrada abandonada no município do Prado. Um parente de David contou à polícia que o adolescente teve envolvimento com drogas, mas havia deixado o vício e ultimamente vinha frequentando uma igreja evangélica. (Da redação TN)

  Categorias: