Usuários brasileiros estão sem WhatsApp por 48 horas

Usuários brasileiros estão sem WhatsApp por 48 horas
17 dezembro 00:36 2015 Imprimir esta notícia

As operadoras de telefonia celular receberam determinação judicial nesta quarta-feira (16) para bloquear o funcionamento do aplicativo WhatsApp em todo o território nacional por 48 horas. As teles, por meio do Sinditelebrasil, afirmam que cumprirão a determinação judicial que passa a valer a partir de 0h desta quinta-feira (17).

A medida foi imposta sob pena de multa pela Justiça de São Paulo por meio de uma medida cautelar, mas o autor da ação está mantido sob sigilo.

As teles já vinham reclamando ao governo que é preciso regulamentar o serviço do aplicativo, que faz chamadas de voz via internet. Para elas, esse é um serviço de telecomunicações e o WhatsApp, e demais aplicativos do gênero, não poderiam prestar porque não são operadores. Inicialmente houve uma informação que o bloqueio não iria afetar aos usuários que usam o WhatsApp via redes wifi, mas antes da meia noite, o aplicativo parou geral de funcionar.

POLÊMICA

Recentemente, a Vivo, em nota, disse que o “WhatsApp compete diretamente com as operadoras, associando cada chamada de voz a números do plano de numeração”. Já para o presidente da Claro, Carlos Zenteno, os aplicativos não precisam estar sujeitos à mesma regulação que as operadoras, mas deveriam ter regras básicas para garantir a qualidade do serviço. “Não pretendemos que isso signifique barreiras para inovação. Os aplicativos são aceleradores de uso de dados. Os dois serviços são complementares”, explicou.

O Facebook, dono do WhatsApp, informou por meio de sua assessoria no Brasil que não vai se pronunciar sobre o caso. Segundo a empresa, “são operações diferentes”.  (Da redação TN)

  Categorias:

Comente a matéria

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.