Justiça eleitoral cassa mandatos de prefeito e vice de Guaratinga

Justiça eleitoral cassa mandatos de prefeito e vice de Guaratinga
02 junho 09:48 2016 Imprimir esta notícia

A Justiça Eleitoral impugnou o mandato do prefeito de Guaratinga, Kenoel Viana e do vice Ezequiel Xavier. O juiz da 189ª zona eleitoral, Rogério Barbosa de Sousa e Silva, julgou procedente a ação contra os políticos e declarou a nulidade dos votos atribuídos à chapa formada, que representaram 49,78 % dos votos válidos da última eleição municipal.

Na determinação, publicada nesta quarta-feira (01), foi acatada a denúncia feita pela chapa da oposição das últimas eleições, que acusou os políticos de suposta prática de abuso de poder econômico.

A publicação acusa o prefeito e seu vice de terem violado a lei, usando transporte particular às vésperas da eleição, para levar ao município 46 (quarenta e seis) pessoas da cidade de Belo Horizonte-MG., com o único fito de viabilizar a participação destes selecionados no pleito eleitoral de 2012, como eleitores.

O segundo colocado nas eleições, Ademar Pinto, que também acaba de ser considerado inelegível pela Justiça Eleitora deve assumir o cargo. Kenoel e Ezequiel ainda serão comunicados oficialmente sobre a condenação. (Da redação TN)

  Categorias: