Mandado: Polícia Civil prende acusado de tentar matar “Madruga” em Teixeira de Freitas

Mandado: Polícia Civil prende acusado de tentar matar “Madruga” em Teixeira de Freitas
21 março 22:20 2017 Imprimir esta notícia

A Polícia Civil de Teixeira de Freitas, atualmente chefiada pela delegada Valéria Chaves, acaba de confirmar a conclusão das investigações envolvendo o homicídio tentado que teve como vítima, Tiago Carlos de Jesus, o “Madruga”, crime ocorrido na madrugada do dia 15 de janeiro de 2017, por volta das 01h20, em plena Avenida Getúlio Vargas, na região central da cidade.

Segundo o delegado Manoel Andreeta, titular da Polícia Civil de Teixeira de Freitas e que participou das investigações acerca do caso, a vítima estava sentada em uma das mesas do estabelecimento comercial denominado Estância Bar, em frente à UPA 24H, quando o autor aproximou-se com sua motocicleta Honda Titan, 150cc, de cor vermelha, sacou um revólver calibre 38 e efetuou vários  disparos, conseguindo alvejar “Madruga” na perna e no abdômen, que saiu correndo, vindo a pedir ajuda no plantão da sede da 8ª Coorpin, que fica próxima ao local.

O acusado de cometer o crime, segundo a polícia, é Rafael Alves de Souza, o “Fiinha”, que pertenceria ao grupo de traficantes atuante no Bairro Redenção, da ramificação de Eudo Pereira Batista, o “Eudinho” e de Ébio Pereira Batista, o “Ebão”, esse que já morreu. Segundo Andreeta o bando tinha como chefes imediatos, Alex Silva Rodrigues, o “Lequinha” e Milton Vieira Filho,  o “Miltinho”, traficantes mortos recentemente em confronto com a Polícia Militar.

“Vale ressaltar que a arma de fogo utilizada por “Fiinha” para atentar contra a vida de “Madruga” foi apreendida pela PM no Auto de Resistência envolvendo o traficante “Miltinho”, fato ocorrido no último dia 16 de março”, contou o delegado Manoel Andreeta, ressaltando que a vítima apontou o autor do crime em suas declarações, oportunidade  que fez o reconhecimento do mesmo.

Arma de fogo usada por "Fiinha" para atentar contra a vida da vítima,  apreendida com "Miltinho"

Arma de fogo usada por “Fiinha” para atentar contra a vida da vítima, apreendida com “Miltinho”

A partir de então,  o procedimento passou às mãos da delegada Rina Andrade que, após sanear o feito, representou pela prisão preventiva do autor “Fiinha” em 02/02/17, sendo o mandado de prisão expedido pela Justiça em 14/02/17, cumprido pela Polícia Civil nesta segunda-feira, dia 20 de março, oportunidade em que, em seu interrogatório,  na presença de seu advogado, o autor confessou a prática do crime, contando detalhes sobre a ação criminosa, afirmando que tentou matar a vítima porque ela o havia ameaçado de morte e estava rondando a sua casa para concretizar o ato.

A motivação do crime estaria ligada ao envolvimento dos protagonistas com o tráfico de drogas. O  procedimento encaminhado à Delegacia Territorial de Teixeira de Freitas (DT), está em fase de conclusão, aguardando apenas os laudos do Departamento de Polícia Técnica – DPT. (Da redação TN)

  Categorias: