Medeiros Neto: Polícia prende mais um acusado de participar do assassinato de Wallace Campos

Medeiros Neto: Polícia prende mais um acusado de participar do assassinato de Wallace Campos
24 junho 11:10 2017 Imprimir esta notícia

Na tarde da última quarta-feira, dia 21 de junho, numa ação conjunta de policiais militares e civis de Medeiros Neto, foi preso o homicida José Adeilson da Silva Santos, o “Trem Bala”, de 19 anos, acusado de envolvimento no assassinato de Wallace Campos, crime ocorrido na noite do dia 19 de junho, no bairro Planalto II, periferia da cidade.

Após ser preso numa casa de parentes, onde guardava consigo uma balança de precisão, uma pistola 7.65 e 24 munições do mesmo calibre, “Trem Bala” foi levado à Delegacia da Polícia Civil, onde em depoimento ao delegado Willian Telles, confessou o crime. Ele relatou ter matado Wallace a pedido do seu comparsa Bruno Cruz, o “Bruno Capeta”, em vingança a uns tapas que o mesmo levara da vítima dia antes. “Eu atirei e quem pilotou a moto foi “Capeta”, disse.

Com a informação dada pelo criminoso restava identificar a motocicleta usada no assassinato, bem como o seu proprietário.

Na oitiva foi informado que o veículo emprestado aos assassinos seria de um elemento conhecido como “Scooby”, que por volta das 12h desta última quinta-feira, dia 22, acabou preso por policiais militares da 44ª CIPM, numa área rural próxima à Batinga, no interior de Medeiros Neto. Em depoimento à Polícia Civil “Scooby” começou negando, mas depois terminou assumindo ter emprestado a motocicleta Honda CG, de cor preta, para que “Trem Bala” e “Bruno Capeta” matassem Wallace.

Na ação os militares apreenderam como “Scooby” uma grande porção de maconha, droga pela qual ele terminou indiciado por tráfico, com base no Artigo 33, da Lei 11.343/2006. O delegado Willian Teles ainda não confirmou, mas o elemento ainda deve responder por participação no assassinato de Wallace Campos. Resta agora a polícia prender “Bruno Capeta”, co-autor do assassinato. Além da droga “Scooby” admite ser assaltante e disse ter deixado a cadeia recentemente. (Por Ronildo Brito)

  Categorias: